Novo capítulo: Palmeiras vai tentar rescisão amigável com Felipe Melo

Depois de ser notificado extraoficialmente pelos advogados do jogador, clube busca acordo para liberar o volante do contrato válido até dezembro de 2019


Uma rescisão amigável. Assim o Palmeiras pretende decidir o futuro de Felipe Melo, afastado pela diretoria há pouco menos de duas semanas. O jogador vem treinando em horários alternativos na Academia de Futebol após problemas de relacionamento com o técnico Cuca.

O Verdão foi notificado extrajudicialmente na quinta-feira por advogados que representam o atleta. Eles alegam que o clube cometeu assédio moral (exposição a situações humilhantes e constrangedoras) e pedem a reintegração do jogador ao elenco.

A diretoria e o departamento jurídico do Palmeiras analisam maneiras para definir o futuro do jogador. Há a expectativa de que Felipe Melo se reúna com os dirigentes nos próximos dias para discutir a situação.

Felipe Melo em treino do Palmeiras (Foto: Estadão Conteúdo)

Felipe Melo em treino do Palmeiras

Em caso de uma rescisão amigável do vínculo que se encerra em dezembro de 2019, o clube liberaria o volante para acertar com qualquer equipe e se livraria das obrigações contratuais. Ele fez apenas cinco jogos no Campeonato Brasileiro e pode defender outro time na Série A em 2017. A tendência, porém, é de que o atleta busque alternativas no futebol do Catar e da China.

Após 27 jogos e dois gols marcados, o clube já investiu no jogador R$ 4,39 milhões, de acordo com as cláusulas do contrato. O total do contrato dele é de aproximadamente R$ 8,4 milhões.

No início da temporada, Lucas Barrios viveu situação semelhante no Palmeiras. Pouco aproveitado no Verdão até com Eduardo Baptista, o atleta acertou sua rescisão e ficou livre para fechar com o Grêmio. Em 2015, ele havia sido contratado com um grande investimento em negociação que contou com a ajuda da patrocinadora do Verdão.

Felipe Melo vem treinando separadamente na Academia de Futebol desde o dia 2 de agosto. Após a eliminação na Copa do Brasil, o atleta entrou em atrito com o técnico Cuca nos vestiários do Mineirão, o que acabou motivando seu afastamento. Dias depois, um áudio vazado na internet mostra o meio-campista reclamando e ofendendo o técnico, agravando a crise. Nos últimos dias, ele tem exibido sua rotina de treinamentos nas redes sociais.

Fonte:http://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/novo-capitulo-palmeiras-vai-tentar-rescisao-amigavel-com-felipe-melo.ghtml


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Esportes

mais notícias

Presente x passado: Renato e Mano foram protagonistas em rivais da semi; relembre
há 16 horas atrás

Presente x passado: Renato e Mano foram protagonistas em rivais da semi; relembre

Presente x passado: Renato e Mano foram protagonistas em rivais da semi; relembre
Coutinho avisa a Klopp que não pretende mais defender o Liverpool, diz jornal
há 16 horas atrás

Coutinho avisa a Klopp que não pretende mais defender o Liverpool, diz jornal

Coutinho avisa a Klopp que não pretende mais defender o Liverpool, diz jornal
LeBron diz que Donald Trump faz
há 16 horas atrás

LeBron diz que Donald Trump faz "ódio voltar à moda" nos EUA

LeBron diz que Donald Trump faz "ódio voltar à moda" nos EUA
De volta à Seleção, Cássio lidera estatística curiosa no Brasileirão
há 16 horas atrás

De volta à Seleção, Cássio lidera estatística curiosa no Brasileirão

De volta à Seleção, Cássio lidera estatística curiosa no Brasileirão
há 16 horas atrás

"Não vai ser uma luta de boxe, vai ser uma briga", diz Dana sobre May-Mac

"Não vai ser uma luta de boxe, vai ser uma briga", diz Dana sobre May-Mac
Câmara Municipal de Ibitinga