Claudio Freitas

Claudio Freitas


A voz de quem ama é doce


A voz de quem ama é doce, 
o abraço é caloroso
Deixando suave toda noite,
de um jeito gostoso
 

O olhar de quem ama é vibrante,
o sorriso valioso 
Age como se um calmante,
com carinho generoso.
 

O gesto de quem ama é apaixonante,
em seus pequeninos detalhes
Mostrando que o amor a todo instante,
busca, e não desiste da mutua felicidade.
 

O amor de quem ama é precioso,
invade a alma, tomando nos o corpo,
Reescreve historias por ser poderoso,
desfaz memorias, se for doloroso.
 

A voz de quem ama é dividida,
falando de si, misturando as vidas, 
Te faz sorrir,mesmo que entristecida,
por que o amor de quem ama, 
faz o impossivel, para mostrar , 
que não há mal,que diante do amor resista. . . . 
 
Claúdio Freitas - O Príncipe dos Poetas 
 
Câmara Municipal de Ibitinga

Últimas colunas

Claudio Freitas

Claudio Freitas

Sentimento sublime. . .

Sentimento sublime. . .
Alliny Sartori

Alliny Sartori

Juventude e a inserção no mercado de trabalho

Juventude e a inserção no mercado de trabalho
José de Paiva Netto

José de Paiva Netto

Morte em vida

Morte em vida