Claudio Freitas

Claudio Freitas


A voz de quem ama é doce


A voz de quem ama é doce, 
o abraço é caloroso
Deixando suave toda noite,
de um jeito gostoso
 

O olhar de quem ama é vibrante,
o sorriso valioso 
Age como se um calmante,
com carinho generoso.
 

O gesto de quem ama é apaixonante,
em seus pequeninos detalhes
Mostrando que o amor a todo instante,
busca, e não desiste da mutua felicidade.
 

O amor de quem ama é precioso,
invade a alma, tomando nos o corpo,
Reescreve historias por ser poderoso,
desfaz memorias, se for doloroso.
 

A voz de quem ama é dividida,
falando de si, misturando as vidas, 
Te faz sorrir,mesmo que entristecida,
por que o amor de quem ama, 
faz o impossivel, para mostrar , 
que não há mal,que diante do amor resista. . . . 
 
Claúdio Freitas - O Príncipe dos Poetas 
 
Câmara Municipal de Ibitinga

Últimas colunas

José de Paiva Netto

José de Paiva Netto

As mães e os filhos das mães

As mães e os filhos das mães
Pastor Eduardo Peres

Pastor Eduardo Peres

Um convite especial para você!

Um convite especial para você!
Psicóloga Talita Andrade Deltorto

Psicóloga Talita Andrade Deltorto

Porque amamos nossos filhos devemos dizer NÃO.

Porque amamos nossos filhos devemos dizer NÃO.