GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA.

Compartilhe:

Quando falamos sobre gravidez na adolescência, rapidamente pensamos nas jovens meninas, mas lembrem-se de que isso também um assunto que deve ser tratado com os meninos. Pois a responsabilidade de prevenção é de ambos.

Então vamos lá, primeiramente devemos compreender que a adolescência, compreendida entre 10 e 19 anos de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é uma fase de constantes mudanças e adaptações, e uma gravidez precoce nesse período pode acarretar dificuldades e preocupações para a mãe e o recém-nascido, podendo ser consequências emocionais, sociais e econômicas para a saúde dos dois. Entenda o porquê.

A maioria das adolescentes quando engravidam abandonam os estudos, ou seja, há uma evasão escolar para poder cuidar da criança, com isso também há o risco de desemprego e dependência maior dos familiares responsáveis. Esses fatores citados contribuem com a perpetuação da pobreza, baixos níveis de escolaridade, abuso e violência familiar. Esses riscos, novamente, são tanto para a mãe quanto para a criança.

Nem sempre essas jovens possuem o apoio dos familiares, e assim uma coisa leva à outra: a situação socioeconômica, a falta de apoio e o acompanhamento da gestação, conhecido como pré-natal, é deixado de lado. E quando a jovem não possui esse acompanhamento, ela deixa de receber informações importantes em relação à alimentação apropriada como gestante, amamentação e sobre vacinação da criança.

E infelizmente não acaba por ai, há um GRANDE número de adolescentes que se submetem a abortos inseguros com remédios ou em clínicas clandestinas. Em muitos casos, isso leva a gestante à morte ou desencadeia outros problemas relacionados à saúde. E todas essas ações que foram citadas acarretam prejuízos às crianças, geram também um impacto na saúde pública e principalmente limitações para a gestante em seu desenvolvimento pessoal, social e profissional.

Aí vocês leram até aqui e pensam “NOSSA, MAS POR QUE MESMO COM TANTA INFORMAÇÃO AINDA TEM ADOSLESCENTES QUE ENGRAVIDAM?”

         É claro que não existe uma única causa ou uma única resposta para esse questionamento, há vários fatores de natureza objetiva e subjetiva que podem levar à gravidez logo no início da vida sexual. Listei algumas:

  • Falta de conhecimento adequado dos métodos contraceptivos e como usá-los;
  • Dificuldade de acesso a esses métodos por parte do adolescente;
  • Dificuldade e vergonha das meninas em solicitar o uso do preservativo pelo parceiro;
  • Ingenuidade e submissão;
  • Violência;
  • Abandono;
  • Desejo de estabelecer uma relação estável com o parceiro;
  • Forte desejo pela maternidade, com expectativa de mudança social e de obtenção de autonomia através da maternidade;
  • Início da vida sexual cada vez mais precoce.

 

Citei algumas causas e, mesmo com tantas, é possível prevenir/evitar a gravidez no período da adolescência. Querem saber como?

CONVERSAR com os nossos jovens sobre a vida sexual e sexualidade. INFORMAR sobre a necessidade de conhecer o próprio corpo e o parceiro antes de iniciar a vida sexual.

FALAR sobre os métodos contraceptivos existentes e principalmente sobre a importância de se usar preservativo em TODAS as relações sexuais, é o método mais comum, barato e FÁCIL de utilizar, além de prevenir também contra as Ist’s (Infecções Sexualmente Transmissíveis).

A adolescência é um período que os jovens necessitam de informações sobre prevenção, um diálogo menos tradicional e mais receptivo sobre sexo e sexualidade, para que assim possam curtir a fase da adolescência como realmente deve ser curtida: com amizades, descobertas, estudos, questionamentos, pensamentos sobre o futuro e etc.

 

                                             

Para sugestões: [email protected]

Instagram: @isabelamanchini

 

 

Publicidade

Últimas colunas

Isabela Manchini
Isabela Manchini FATOS SOBRE A PARTE ÍNTIMA FEMININA
FATOS SOBRE A PARTE ÍNTIMA FEMININA
Jótha Marthyns
Jótha Marthyns CUMPRE DAR UM CHOQUE ÉTICO NA SOCIEDADE MUNDIAL. ACORDÁ-LA DE SUA ANESTESIA MORAL
CUMPRE DAR UM CHOQUE ÉTICO NA SOCIEDADE MUNDIAL. ACORDÁ-LA DE SUA ANESTESIA MORAL
Jótha Marthyns
Jótha Marthyns ESTÁ ESCRITO NAS ESTRELAS
ESTÁ ESCRITO NAS ESTRELAS

Últimas colunas

Isabela Manchini
Isabela Manchini FATOS SOBRE A PARTE ÍNTIMA FEMININA
FATOS SOBRE A PARTE ÍNTIMA FEMININA
Jótha Marthyns
Jótha Marthyns CUMPRE DAR UM CHOQUE ÉTICO NA SOCIEDADE MUNDIAL. ACORDÁ-LA DE SUA ANESTESIA MORAL
CUMPRE DAR UM CHOQUE ÉTICO NA SOCIEDADE MUNDIAL. ACORDÁ-LA DE SUA ANESTESIA MORAL
Jótha Marthyns
Jótha Marthyns ESTÁ ESCRITO NAS ESTRELAS
ESTÁ ESCRITO NAS ESTRELAS

Publicidade