Logo Portal Ternura
04/07 - IBITINGA-SP
° °
Rafael Botter

Rafael Botter

O típico nerd apaixonado por ciências, astronomia e astrofísica. Ah! Viciado em literatura, hqs, filmes e séries.

[Filme] Ted Bundy – A Irresistível Face do Mal


Título Original: Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile

Direção: Joe Berlinger

Duração: 01h50min

Ano Lançamento: 25 de Julho de 2019

Elenco: Zac Efron, Lilly Collins, Kaya Scodelario, John Malkovich e Jim Parsons

Gênero: Suspense, Drama, Biografia

Origem: Estados Unidos

Sinopse:

Cinebiografia de Ted Bundy (Zac Efron), serial killer que matou, pelo menos, 30 mulheres em sete estados norte-americanos durante a década de 1970. Bundy se tornou famoso em todo o país, em parte por causa da fama de sedutor, que levou a conquistar várias fãs, e em parte por ter efetuado sua própria defesa nos tribunais. A trajetória do psicopata é contada pelo ponto das mulheres que amou: Liz Kendall (Lily Collins), com quem se casou, e Carole Ann Boone (Kaya Scodelario), amante que o apoiou durante o longo julgamento nos tribunais.

Impressões:

Netflix traz mais uma novidade para o seu catálogo, um drama biográfico de Ted Bundy, o mais notório serial killer dos Estados Unidos. 

Bundy foi um respeitado pai de família, ajudando os mais necessitados e sendo orgulho da sociedade. Sua segunda faceta é de um assassino impiedoso, condenado à cadeira elétrica pelo assassinato de 30 mulheres. 

Tornando-se uma figura icônica, afinal, o assassino tentou convencer e se “auto defender” das acusações. O julgamento foi televisionado e assistido por milhões de espectadores. 

O princípio do longa é levar para o público algo mais sútil e suave, uma espécie de “romance” mesmo o personagem principal tendo cometido enormes atrocidades. Vale lembrar que o filme é baseado no ponto de vista de duas namoradas de Bundy, ou seja, romance na certa. Vai entender, né?

Zac Efron toma forma do serial killer, em uma atuação impecável que mostra duas facetas de um ser humano, frieza ao matar, com o mesmo ímpeto de ter uma família e filhos, sendo uma pessoa amorosa. Típico de serial killer. 

O enredo vai se desenrolando conforme os movimentos de Bundy, ou seja, vai sendo bem lento, pois ele age de forma minuciosa e cautelosa para com suas vítimas. O seu trunfo para “atacar” é usar o seu charme e lábia para conquistar confiança, até chegar nos minutos finais do ataque. 

Existem inúmeros documentários, séries que retratam de forma nua e crua todos os crimes cometidos pelo Bundy, porém! O longa produzido pela Netflix, tenta resgatar e englobar os aspectos emocionais das pessoas que viveram com ele. 

Ted Bundy – A Irresistível Face do Mal, possui seus méritos, mas não é nenhuma obra prima. O lado positivo é mostrar o lado perverso de um ser humano que ao mesmo tempo que ama sua mulher e filhos, é capaz de cometer atrocidades inimagináveis com o seu semelhante. 

O longo possui inúmeros pulos no tempo, após o protagonista ser descoberto e acusado, vira uma mescla de passado e presente, mas sem perder o embalo de toda trama.

Câmara Municipal de Ibitinga

Últimas colunas

Leonardo Chucrute

Leonardo Chucrute

Os desafios do Enem 2020

Os desafios do Enem 2020
Jótha Marthyns

Jótha Marthyns

Idosos os preferidos da Covid 19

Idosos os preferidos da Covid 19
Emerson Feliciano

Emerson Feliciano

Racismo no mundo corporativo: O despertar de um mentor de carreira

Racismo no mundo corporativo: O despertar de um mentor de carreira