Logo Portal Ternura
18/08 - IBITINGA-SP
° °

Em Tóquio, Brasil estreia no Pan-Pacífico e fatura medalha com João Gomes

Nos 100m peito, o atleta mais experiente da delegação brasileira levou o bronze. Outros seis representantes do país disputaram finais no Japão nesta quinta-feira. Evento vai até domingo


Tóquio e a natação brasileira passaram por um forte teste nesta quinta-feira de olho em 2020. A cidade sede dos próximo Jogos Olímpicos recebeu as primeiras finais do Pan-Pacífico, com sete brasileiros na disputa. João Gomes Júnior conquistou a única medalha do país até agora. O mais experiente atleta da delegação do país faturou um bronze nos 100m peito. 

Com 16 atletas classificados, o Brasil tem nas piscinas japonesas uma seleção renovada, sem medalhões, com média de idade de 22,7 anos - uma das mais baixas da competição. Pela primeira vez desde 2005, a equipe não tem em suas fileiras nomes como Cesar Cielo e Bruno Fratus em um evento de primeira grandeza. No feminino, o país também não conta com as duas nadadoras mais icônicas de sua história, Etiene Medeiros e a recém-aposentada Joanna Maranhão.

Paralelo ao Campeonato Europeu, o Pan-Pacífico foi criado por Estados Unidos, Japão, Austrália e Canadá a fim de suprir uma lacuna de torneios no calendário. Em sua 13º edição, o evento que acontece de quatro em quatro anos integra o cronograma do Time Brasil desde sua estreia. Principal competição para os brasileiros na temporada, o Pan-Pacífico tem peso importante para o Comitê Olímpico Brasileiro, que a partir dos resultados define o plano estratégino para as Olimpíadas, inclusive com detalhes das bolsas que serão repassadas aos atletas do país.

Guilherme Costa - 1.500m livre

Primeiro a cair na água por uma medalha, o recordista continental dos 1.500m livre Guilherme Costa ficou com o quinto lugar na prova, nadando em 15m03s40 - a quarta marca pessoal de Guilherme. Foi a melhor atuação do Brasil nos 1.500m livre na história do Pan-Pacífico. Apenas Bruno Bomfim tinha chegado a uma final em 2002, quando foi sétimo colocado. O ouro da edição 2018 ficou com o norte-americano Jordan Wilimovsky (14m46s93), seguido por Robert Finke (14m48s70) também dos Estados Unidos e Jack Mcloughlin (14m55s92) da Austrália.

João Gomes Júnior - 100m peito

A primeira medalha do Pan-Pacífico foi fruto do bom desempenho de João Gomes Júnior. Nos 100m peito, o brasileiro faturou o bronze, completando a prova em 59s60. A medalha de ouro ficou com o japonês Yasuhiro Koseki (59s08), e o australiano Jake Packard levou a prata (59s20). Em 2014, o Brasil também esteve no pódio dos 100m peito, quando Felipe França ficou com a prata.

João Gomes Júnior, de 32 anos, é o mais experiente nadador da delegação brasileira no Japão - o mais velho depois dele tem 26 anos. Na Olimpíada do Rio, João obteve o melhor resultado individual da natação do país, com um quinto lugar nos 100m peito.

Larissa Oliveira - 200m livre

Com apenas duas representantes femininas no Pan-Pacífico, o Brasil esteve na final dos 200m livre nesta quinta-feira. Larissa Oliveira ficou com a sexta colocação na prova, batendo na borda em 1m58s80. Formaram o pódio dos 200m livre a norte-americana MC Laughlin (1m57s34), a canadense Rebecca Smith (1m58s47) e a japonesa Rio Shirai (1m58s56).

Luiz Altamir e Fernando Scheffer - 200m livre

Pela primeira vez na história do Pan-Pacífico o Brasil teve dois representantes na final dos 200m livre: Luiz Altamir e Fernando Scheffer. Destaque para Fernando que fez uma ótima prova e nadou com agressividade. O nadador brigou pelo ouro até a última virada, quando viu os adversários crescerem e baterem na borda a sua frente. Scheffer nadou em 1min46s12, ficando com o quarto lugar. Com 1min45s56, o norte-americano Francis Haas ficou com o ouro. Andrew Seliskar tambéms dos Estados Unidos e o japonês Katsuhiro Matsumoto completaram o pódio.

Leonardo Santos e Brandonn Almeida - 400m medley

A prova que mescla os quatro estilos da natação teve dois brasileiros na disputa. Nos 400m medley, Brandonn Almeida ficou com o sexto lugar (4m14s53). Pela primeira vez na carreira, Leonardo Santos nadou abaixo dos 4m20s. Com 4m18s90, o brasileiro ficou com a sétima colocação. O pódio da prova foi formado pelo norte-americano Kalisz (ouro) e pelos japoneses Hagino (prata) e Seto (bronze).

Destaque Internacional

Dona de 27 medalhas, a multicampeã Katie Ledecky conquistou o primeiro bronze na história do Pan-Pacífico. Taylor Ruck do Canadá foi responsável por quebrar a hegemonioa da norte-americana nos 200m livre. Sem surpresas, Ledecky já tinha faturado mais cedo o primeiro lugar nos 800m livre.

 

Veja a programação do Pan-Pacífico de Tóquio

 

Eliminatórias às 22h e finais às 5h30 (de Brasília), com transmissão dos canais SporTV

Quinta/Sexta-feira

100m livre (f/m), 200m borboleta (f/m), 100m costas (f/m), 4x200m livre (f/m)

Sexta-feira/Sábado

400m livre (f/m), 100m borboleta (f/m), 200m medley (f/m), 4x100m livre (f/m)

Sábado/Domingo

1.500m livre (f), 800m livre (m), 200m costas (f/m), 50m livre (m/f), 200m peito (f/m), 4x100m medley (f/m)

Nos 100m peito, o atleta mais experiente da delegação brasileira levou o bronze. Outros seis representantes do país disputaram finais no Japão nesta quinta-feira. Evento vai até domingo

Confira o vídeo

Fonte: https://globoesporte.globo.com/natacao/noticia/joao-gomes-junior-tem-boa-atuacao-e-brasil-estreia-com-medalha-no-pan-pacifico.ghtml


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Esportes

mais notícias

Convocação da Seleção desfalca clubes brasileiros em clássicos e decisões
há 10 horas atrás

Convocação da Seleção desfalca clubes brasileiros em clássicos e decisões

Convocação da Seleção desfalca clubes brasileiros em clássicos e decisões
Pedro ouve convocação dentro de avião, é festejado pelos jogadores do Flu e chora
há 10 horas atrás

Pedro ouve convocação dentro de avião, é festejado pelos jogadores do Flu e chora

Pedro ouve convocação dentro de avião, é festejado pelos jogadores do Flu e chora
Paquetá comemora primeira convocação na Seleção:
há 10 horas atrás

Paquetá comemora primeira convocação na Seleção: "Sonho de criança realizado"

Paquetá comemora primeira convocação na Seleção: "Sonho de criança realizado"
Everton agradece companheiros e credita convocação a regularidade no Grêmio
há 11 horas atrás

Everton agradece companheiros e credita convocação a regularidade no Grêmio

Everton agradece companheiros e credita convocação a regularidade no Grêmio
Convocado para a Seleção, Hugo, goleiro sub-20 do Flamengo, se emociona
há 11 horas atrás

Convocado para a Seleção, Hugo, goleiro sub-20 do Flamengo, se emociona

Convocado para a Seleção, Hugo, goleiro sub-20 do Flamengo, se emociona