Logo Portal Ternura
24/05 - IBITINGA-SP
° °

Herói de título internacional do Shakhtar, Jadson é premiado e agradece: "Dinheiro não paga"

Camisa 10 recebeu prêmio pela conquista da Copa da Uefa


Há exatos dez anos, Jadson marcava um dos gols mais importantes de sua carreira: na prorrogação, anotou o segundo da vitória por 2 a 1 do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, diante do Werder Bremen, da Alemanha, na final da Copa da Uefa (atual Liga Europa).

Hoje camisa 10 do Corinthians, o meia segue sendo lembrado como um dos personagens mais importantes da história do clube ucraniano. Prova disso é o premio que recebeu do Shakhtar há duas semanas, no CT do Timão.

– É muito gratificante, uma enorme honra. Já faz tanto tempo e, mesmo assim, eles fizeram questão de vir de longe para falar comigo. Ainda valorizam tudo o que fiz pelo clube e esse reconhecimento não há dinheiro que pague. Sou muito grato por tudo o que passei lá. Amadureci como jogador e homem – disse Jadson ao GloboEsporte.com.

Jadson recebeu prêmio do Shakhtar em comemoração ao título de 2009 — Foto: Triple Comunicação

Jadson recebeu prêmio do Shakhtar em comemoração ao título de 2009

O título da Copa da UEFA é não só o mais importante da história do Shakhtar, mas também a única conquista internacional do futebol ucraniano. No jogo, Luiz Adriano abriu o placar para o time da Ucrânia e viu Naldo empatar. Jadson só balançou as redes aos sete minutos do primeiro tempo da prorrogação. No fim, foi eleito o craque do jogo.

– No Shakhtar, eu vivi muitos momentos especiais. Foi a primeira vez que saí do país para jogar em outro clube e eles receberam a minha família da melhor maneira possível. Claro que o início foi um pouco complicado, mas só tenho boas lembranças de todos os anos na Ucrânia – completou Jadson.

Aos 35 anos, Jadson ficou por sete temporadas no clube ucraniano, de 2005 a 2012, e conquistou dez títulos (cinco nacionais, duas Copas da Ucrânia, duas Super Copas e a Copa da UEFA). Foram 272 jogos e 64 gols marcados. Formado no Athletico-PR, tem também passagem pelo São Paulo e pelo Tianjin Tianhai, da China.

– Tanto o Shakhtar, como o Corinthians são muito especiais. Mas não posso esquecer de citar o Athletico. Eles abriram as portas para mim, me deram a chance de me tornar um jogador profissional e nada do que aconteceu na minha vida teria sido possível sem eles – finalizou.

Confira o tuíte

Fonte: https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/heroi-de-titulo-internacional-do-shakhtar-jadson-e-premiado-e-agradece-dinheiro-nao-paga.ghtml


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Esportes

mais notícias

Equipes já deram modelos de carros diferentes aos seus pilotos em GPs de F1
há 12 horas atrás

Equipes já deram modelos de carros diferentes aos seus pilotos em GPs de F1

Equipes já deram modelos de carros diferentes aos seus pilotos em GPs de F1
Retorno do boxe está próximo, mas precisa ser cuidadoso
há 12 horas atrás

Retorno do boxe está próximo, mas precisa ser cuidadoso

Retorno do boxe está próximo, mas precisa ser cuidadoso
Djokovic e Thiem são confirmados em torneio-exibição de tênis na Sérvia em junho
há 12 horas atrás

Djokovic e Thiem são confirmados em torneio-exibição de tênis na Sérvia em junho

Djokovic e Thiem são confirmados em torneio-exibição de tênis na Sérvia em junho
Jon Jones revela conversa com o UFC:
há 12 horas atrás

Jon Jones revela conversa com o UFC: "Antes mesmo de falarmos de dinheiro ouvi um 'Não' seco"

Jon Jones revela conversa com o UFC: "Antes mesmo de falarmos de dinheiro ouvi um 'Não' seco"
Jogos de Tóquio: dirigente do COI cita Brasil ao cogitar cancelamento
há 2 dias atrás

Jogos de Tóquio: dirigente do COI cita Brasil ao cogitar cancelamento

Jogos de Tóquio: dirigente do COI cita Brasil ao cogitar cancelamento