Ibitinga 3 corre risco de desabamento 

Rachaduras, trincas e paredes com estrutura deteriorada apavora moradores do residencial.

Compartilhe:


Foto: Reprodução/Prefeitura de Ibitinga
 

A reportagem do Portal Ternura esteve visitando o Residencial Popular ‘Ibitinga 3’ para averiguar as denúncias de rachaduras nos apartamentos que foram enviadas por moradores do local.

Segundo os relatos colhidos destes moradores, apartamentos de pelo menos 2 blocos vêm sofrendo rachaduras estruturais que estão aumentando a cada dia e se arrastam há alguns anos, e, principalmente no período de chuvas, é notório que o aterro onde foram construídos os predinhos acabam cedendo.

Vários apartamentos foram visitados e constatou-se a existência de rachaduras em todos, o que vem causando insegurança das famílias, que temem o risco de um possível desabamento.

“Em alguns casos, a espessura da rachadura é tão grande que cabe a mão em meio ao vão, além de relatos do barulho de estalos que vem da dilatação da laje.” – comenta o jornalista Robson de Rosa, do Portal Ternura.

O  jornalista ainda afirma: “Que o terreno está cedendo é fácil de ser constatado. Basta ver o muro que segura o aterro. Está completamente envergado, pronto para ceder.”

Veja a reportagem: 

 


Vídeo: Portal Ternura
 

Nos últimos tempos, alguns apartamentos foram até desocupados pelos moradores que com medo de ficar dentro, tamanho as rachaduras, trincos e estalos, decidiram deixar o imóvel, ficando hospedados em casa de parentes de amigos.

O Residencial ‘Ibitinga 3’  abriga muitas famílias que por diversas vezes procuraram a Caixa Econômica Federal, instituição que destinou recursos financeiros para a construção da obra, porém os reclamantes afirmam que ainda não tiveram qualquer respaldo.

A Caixa Federal diz que a responsabilidade é da Prefeitura. Após a denúncia feita pelo Jornalista Robson de Rosa, um engenheiro do banco esteve no local para averiguar a obra. Segundo os moradores, o profissional disse que o caso  é sério e precisa ser resolvido com urgência.

O projeto de construção do ‘Ibitinga 3’ iniciou na Gestão 2008 a 2011, quando a  então empreiteira contratada para a execução da obra quebrou e não concluiu as obras. A mesma só teve a conclusão de seu projeto por outra empreiteira contratada na gestão 2012 a 2015. O fato preocupante de toda essa história é que uma tragédia eminente pode acontecer no local e colocar em risco dezenas de famílias, pois as falhas de ordem estrutural são muitas e notórias. 

Compartilhe:

Comentários (1)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Talita Guiraldi • há 4 meses

Entao e uma injustica isso cobrao 115 de condominio nao fazem nada tem tres seguranca nunca pode fazer nadao sindico so vem aq no dia de pega o dinheiro do condominio o zelador marmente roca a grama se se a gente pede pra fazer agulma coisa cobra poo fora ta tudo errado isso eu ainda pago 400 reais de aluguel aq

Publicidade

Publicidade

Mais notícias sobre Ibitinga

Ibitinga faz reunião para decidir Plano Decenal

Ibitinga faz reunião para decidir Plano Decenal

Ibitinga faz reunião para decidir Plano Decenal

Boletim Covid-19: Sobe para 1840 o número de confirmados em Ibitinga

Boletim Covid-19: Sobe para 1840 o número de confirmados em Ibitinga

Mato alto atrai pragas e pode gerar multa ao proprietário do terreno

Mato alto atrai pragas e pode gerar multa ao proprietário do terreno

Mulher é suspeita de esfaquear namorado durante briga em Ibitinga

Mulher é suspeita de esfaquear namorado durante briga em Ibitinga

Publicidade

Mais notícias sobre Ibitinga

Ibitinga faz reunião para decidir Plano Decenal

Ibitinga faz reunião para decidir Plano Decenal

Ibitinga faz reunião para decidir Plano Decenal

Boletim Covid-19: Sobe para 1840 o número de confirmados em Ibitinga

Boletim Covid-19: Sobe para 1840 o número de confirmados em Ibitinga

Mato alto atrai pragas e pode gerar multa ao proprietário do terreno

Mato alto atrai pragas e pode gerar multa ao proprietário do terreno

Mulher é suspeita de esfaquear namorado durante briga em Ibitinga

Mulher é suspeita de esfaquear namorado durante briga em Ibitinga

Publicidade