Logo Portal Ternura
17/07 - IBITINGA-SP
° °

Assédio sexual no trabalho: guarde as provas, não se cale, denuncie!

Campanha do MPT com a OIT visa conscientizar trabalhadoras, trabalhadores e empresas a respeito da prática


Qual a diferença entre paquera e assédio sexual? O que é assédio sexual e quais suas caraterísticas? O que pode acontecer com quem comete esse tipo de atitude? Como prevenir, denunciar e provar? E de que forma o Ministério Público do Trabalho atua? As respostas estão nos seis vídeos da campanha do MPT em parceria com a Organização Internacional do Trabalho, que culminam com o alerta: "guarde as provas, não se cale, denuncie"!

A série começa a ser veiculada a partir de hoje, 11 de janeiro, nas redes sociais da Procuradoria-Geral do Trabalho, com o objetivo de conscientizar trabalhadores e empresas a respeito da prática. Entre as informações constantes nos vídeos, a campanha explica que, além de ser crime, o assédio sexual viola normas das relações de trabalho e direitos fundamentais dos trabalhadores e das trabalhadoras, e, por esse motivo, é combatido e investigado pelo MPT.

"Quem conhece e se omite também pode responder a processos penal, civil e trabalhista, e, neste contexto, o empregador é sempre responsável pelo que acontece no ambiente de trabalho", destaca a procuradora do Trabalho Valdirene Silva de Assis, que é coordenadora nacional de Promoção da Igualdade de Oportunidades e Eliminação da Discriminação no Trabalho (Coordigualdade), do MPT.

Para ajudar a divulgar a campanha, compartilhe o link do primeiro vídeo da série, acessível aqui.

 

Assessoria de Comunicação Social

Procuradoria-Geral do Trabalho

Telefones : 33148222/33148030


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

54% dos venezuelanos que entraram no Brasil por RR desde 2017 já deixaram o país, diz ministro
há 4 horas atrás

54% dos venezuelanos que entraram no Brasil por RR desde 2017 já deixaram o país, diz ministro

54% dos venezuelanos que entraram no Brasil por RR desde 2017 já deixaram o país, diz ministro
Bebê de dois meses cai do segundo andar de casa no ES e sobrevive
há 4 horas atrás

Bebê de dois meses cai do segundo andar de casa no ES e sobrevive

Bebê de dois meses cai do segundo andar de casa no ES e sobrevive
WhatsApp tem falha no recurso 'visualizado por último'
há 6 horas atrás

WhatsApp tem falha no recurso 'visualizado por último'

WhatsApp tem falha no recurso 'visualizado por último'
Contas de luz podem subir até 3,86% após reajuste em receita de hidrelétricas
há 6 horas atrás

Contas de luz podem subir até 3,86% após reajuste em receita de hidrelétricas

Contas de luz podem subir até 3,86% após reajuste em receita de hidrelétricas
Jovens com alto uso de mídias digitais têm mais risco de ter déficit de atenção e hiperatividade, di
há 7 horas atrás

Jovens com alto uso de mídias digitais têm mais risco de ter déficit de atenção e hiperatividade, di

Jovens com alto uso de mídias digitais têm mais risco de ter déficit de atenção e hiperatividade, diz estudo