Logo Portal Ternura
10/12 - IBITINGA-SP
° °

Doria escolhe quinto ministro de Temer para atuar como secretário em SP

Atual ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, comandará pasta em SP.


  Doria anuncia mais 4 pessoas para seu governo em SP — Foto: Marina Pinhoni/G1
Doria anuncia mais 4 pessoas para seu governo em SP — Foto: Marina Pinhoni/G1

O governador eleito João Doria (PSDB) anunciou nesta quinta-feira (6) o quinto ministro do governo Michel Temer (PMDB) para integrar sua equipe. No total, Doria anuncioiu quatro nomes nesta quinta.

O futuro secretário do Turismo de São Paulo será o atual ministro Vinicius Lummertz. Ele nasceu em Rio do Sul, Santa Catarina, tem 58 anos. Formado na Universidade Americana de Paris em Ciências Políticas, foi presidente da Embratur de 2015 a 2018, secretário Nacional de Políticas de Turismo do Ministério do Turismo de setembro de 2012 a maio de 2015, entre outros.

Antes, Doria anunciou o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, para a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, o atual ministro da Casa Civil, Gilberto Kassab, para a mesma pasta, Sérgio Sá Leitão (Cultura) para a Secretatria da Cultura e Rossieli Soares (Educação) para a mesma pasta.

Para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que engloba ciência, tecnologia e trabalho, Doria escolheu Patricia Ellem, 40 anos, co-fundadora do Movimento Agora. Ela é formada em Administração de Empresas pela FEA-USP e preside a Optum no Brasil, empresa de tecnologia em saúde do grupo United Health.

Élia Parnes, de 52 anos, será secretária de Desenvolvimento Social. Ela é formada em administração de empresas pela FEA-USP e atuou por mais de 20 anos na UNIBES.

Implantou o primeiro Centro Dia do Idoso na capital, e unidades de Serviço de Assistencia Social a Famílias e Instituições de Longa Permanência para Idosos no município de São Paulo

Para a presidência da DesenvolveSP, Doria escolheu Milton Luiz de Melo Santos, de 67 anos, que já comandou a agência e hoje é presidente da Associação Viva o Centro. Foi funcionário do Banco Central do Brasil por 37 anos, tendo ocupado diversos cargos, sendo o último, secretário executivo e chefe de gabinete na gestão Henrique Meirelles (dez/2006).

O novo presidente do Memorial da América Latina vai ser Jorge Damião, de 61 anos, que foi secretário de Esportes na gestão Doria à frente da Prefeitura. Ele é formado em Administração, com Pós Graduação em Gestão Pública pela FAAP e Pós Graduação pela FIA/USP em Gestão do Esporte.

Doria, que assumirá em 1º de janeiro de 2019, já anunciou mais 16 secretários. Além disso, o vice Rodrigo Garcia, que assumirá a secretaria de governo, que será extinta como pasta, integrantes do segundo escalão, como o comandante da Polícia Militar e o chefe da Polícia Civil. Na segunda, também foram anunciados os escolhidos para as presidências da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e da Companhia de Saneamento Básico do estado (Sabesp).

 

 Três novos secretários e dois novos presidentes de agência com o governador eleito, João Doria — Foto: Divulgação
Três novos secretários e dois novos presidentes de agência com o governador eleito, João Doria — Foto: Divulgação

 

Fonte: G1


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Estudante tenta reaver R$ 150 após caixa eletrônico entregar notas picadas no DF
há 21 horas atrás

Estudante tenta reaver R$ 150 após caixa eletrônico entregar notas picadas no DF

Estudante tenta reaver R$ 150 após caixa eletrônico entregar notas picadas no DF
WhatsApp tem novidade para chamada em grupo; veja como funciona
há 1 dia atrás

WhatsApp tem novidade para chamada em grupo; veja como funciona

WhatsApp tem novidade para chamada em grupo; veja como funciona
Coletes amarelos voltam a protestar na França; mais de 900 são detidos
há 1 dia atrás

Coletes amarelos voltam a protestar na França; mais de 900 são detidos

Coletes amarelos voltam a protestar na França; mais de 900 são detidos
Precursora dos direitos humanos na Rússia morre aos 91 anos
há 1 dia atrás

Precursora dos direitos humanos na Rússia morre aos 91 anos

Precursora dos direitos humanos na Rússia morre aos 91 anos
Mulheres relatam abusos de João de Deus no 'Conversa com Bial'
há 1 dia atrás

Mulheres relatam abusos de João de Deus no 'Conversa com Bial'

Mulheres relatam abusos de João de Deus no 'Conversa com Bial'