Logo Portal Ternura
15/08 - IBITINGA-SP
° °

Edifício A Noite será leiloado neste semestre

Tombado pelo Iphan, prédio é avaliado em cerca de R$ 90 milhões.



Foto: Reprodução/Tânia Rêgo/Agência Brasil
 

O presidente Jair Bolsonaro informou hoje (7) que o leilão do histórico edifício A Noite deve acontecer em agosto ou setembro, em evento virtual. Localizado na Praça Mauá, zona portuária do Rio de Janeiro, o prédio construído em estilo art déco, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 2013, está avaliado em cerca de R$ 90 milhões.

“Mais uma rodada das inúmeras ações de enxugamento dos gastos públicos e desperdício de dinheiro do pagador de impostos”, escreveu o presidente, em publicação nas redes sociais.

Na semana passada, uma equipe técnica da Secretaria do Patrimônio da União (SPU) realizou a vistoria final do edifício. De acordo com o Ministério da Economia, o edital com o valor mínimo e outros detalhes do processo de venda deve ser publicado nas próximas semanas. “Com a recente aprovação da Lei 14.011, de 10 de junho de 2020, que facilita a venda de ativos da União, o primeiro grande leilão de imóveis do país está livre de dificuldades burocráticas”, informou a pasta.

Inaugurado em 1929, o edifício, de 22 andares e 102 metros de altura, tem projeto do arquiteto francês Joseph Gire, também criador do Hotel Copacabana Palace, e do brasileiro Elisário Bahiana. Foi o primeiro arranha-céu da América Latina e primeiro mirante do Rio de Janeiro.

Empresa Brasil de Comunicação (EBC) ocupava quatro dos 22 andares e foi o último órgão público a deixar as instalações, em 2012. O prédio abrigou a pioneira Rádio Nacional desde a sua criação, em 1936. O nome A Noite é uma referência ao jornal homônimo que teve sede no local.

Durante a Era do Rádio, nos anos 1940 e 1950, a Rádio Nacional transmitia para todo o país notícias, músicas e novelas. Celebridades da época, como Dolores Duran, Cauby Peixoto, Emilinha Borba e Marlene Alves, atraíam multidões para os shows de auditório.

Os demais andares do prédio eram ocupados pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e também já abrigou consulados. Para o Ministério da Economia, o prédio, que tem vista panorâmica da Baía de Guanabara, tem potencial para diversas utilizações, como um grande hotel ou até a adaptação para uso residencial. A fachada e a escadaria em caracol deverão ser preservadas em razão de seu tombamento.

 

 

Fonte: Agência Brasil


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

BC: atividade econômica mostra sinais de recuperação parcial
há 14 horas atrás

BC: atividade econômica mostra sinais de recuperação parcial

BC: atividade econômica mostra sinais de recuperação parcial
Bolsonaro inaugura escola cívico-militar no Rio
há 14 horas atrás

Bolsonaro inaugura escola cívico-militar no Rio

Bolsonaro inaugura escola cívico-militar no Rio
BNDES estima que leilão da Cedae ocorra ainda este ano
há 14 horas atrás

BNDES estima que leilão da Cedae ocorra ainda este ano

BNDES estima que leilão da Cedae ocorra ainda este ano
Há risco de micose durante o inverno?
há 18 horas atrás

Há risco de micose durante o inverno?

Há risco de micose durante o inverno?
Estágio X Emprego: qual a diferença?
há 19 horas atrás

Estágio X Emprego: qual a diferença?

Estágio X Emprego: qual a diferença?