Logo Portal Ternura
21/09 - IBITINGA-SP
° °

Em grupo de Facebook, agentes de fronteira dos EUA fazem piadas sobre imigrantes mortos, diz site

Integrantes do grupo também publicaram postagens preconceituosas sobre políticos norte-americanos de origem hispânica. Autoridades vão abrir inquérito.


Guardas patrulham fronteira entre EUA e México na cidade de El Paso (Texas) — Foto: Jose Luis Gonzalez/Reuters
Guardas patrulham fronteira entre EUA e México na cidade de El Paso (Texas) — Foto: Jose Luis Gonzalez/Reuters

 

Agentes da ativa e aposentados da Patrulha de Fronteira dos Estados Unidos fazem piadas, em um grupo fechado no Facebook, sobre imigrantes mortos ao tentarem cruzar a fronteira com o México e publicam montagens depreciativas sobre políticos de origem hispânica.

A denúncia partiu do site americano ProPublica nesta segunda-feira (1º) e repercutiu entre autoridades do próprio Escritório de Alfândega e Proteção de Fronteiras (CBP, na sigla em inglês) e parlamentares do Partido Democrata, de oposição ao presidente Donald Trump.

De acordo com a reportagem do ProPublica, os usuários publicam montagens com fotos de imigrantes, piadas com as vítimas e ameças como "atirar burritos [comida típica mexicana]" em políticos de origem hispânica, como a deputada Alexandria Ocasio-Cortez.

O site reproduziu uma postagem em que um integrante do grupo questiona a imagem de pai e filha mortos afogados no Rio Grande, em 25 de junho, ao tentarem cruzar a fronteira. "Pode ser outra foto editada", diz a publicação.

A fotografia em questão, porém, foi feita por uma fotógrafa profissional, e não há sinais de edição. O próprio presidente Trump afirmou ter "odiado" ver a imagem, em entrevista coletiva na Casa Branca.

Prédio das autoridades de fronteira dos Estados Unidos, no Texas, onde morreu jovem imigrante da Guatemala — Foto: Joel Martinez/The Monitor via AP
Prédio das autoridades de fronteira dos Estados Unidos, no Texas, onde morreu jovem imigrante da Guatemala — Foto: Joel Martinez/The Monitor via A

 

Em outro post, os integrantes do grupo tratam com desdém a morte de um adolescente da Guatemala de 16 anos ocorrida em maio. O jovem estava sob custódia das autoridades de fronteira e não resistiu ao que médicos suspeitam ter sido uma gripe.

Ainda segundo o ProPublica, o grupo fechado no Facebook tem cerca de 9,5 mil membros e se identifica como um fórum para discussões "divertidas" e "sérias" sobre o trabalho na fronteira.

 

Autoridades reagem

 

De acordo com o jornal "The New York Times", a chefe da Patrulha de Fronteira norte-americana, Carla Provost, enviou um e-mail aos agentes em repúdio às publicações ofensivas. Segundo o jornal, o órgão vinculado ao governo dos EUA abrirá investigação.

"Deixe-me ser clara: não há desculpa alguma para esse tipo de comportamento inapropriado – seja fora do trabalho, em público ou em privado", escreveu Provost.

Deputada Alexandria  Ocasio-Cortez visita estação de patrulha de fronteira em El Paso (Texas) — Foto: Julio-Cesar Chavez/Reuters
Deputada Alexandria Ocasio-Cortez visita estação de patrulha de fronteira em El Paso (Texas) — Foto: Julio-Cesar Chavez/Reuters

 

Alvo de mensagens ofensivas, a deputada Alexandria Ocasio-Cortez chamou o CBP de "agência desonesta".

"Se os agentes se sentiram tão confortáveis em desrespeitar regras na frente de seus chefes e supervisores, isso mostra como a agência perdeu todo o controle sobre sua própria equipe", acusou Ocasio-Cortez.

 

Fonte: G1


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Facebook suspende milhares de aplicativos em investigação sobre uso de dados
há 8 horas atrás

Facebook suspende milhares de aplicativos em investigação sobre uso de dados

Facebook suspende milhares de aplicativos em investigação sobre uso de dados
B2W Digital oferece mais de 1 mil vagas de trabalho em Itapevi
há 9 horas atrás

B2W Digital oferece mais de 1 mil vagas de trabalho em Itapevi

B2W Digital oferece mais de 1 mil vagas de trabalho em Itapevi
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 38 milhões neste sábado
há 9 horas atrás

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 38 milhões neste sábado

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 38 milhões neste sábado
Bolsonaro prorroga por mais 30 dias uso de militares no combate a queimadas na Amazônia
há 9 horas atrás

Bolsonaro prorroga por mais 30 dias uso de militares no combate a queimadas na Amazônia

Bolsonaro prorroga por mais 30 dias uso de militares no combate a queimadas na Amazônia
Entenda o que muda com a lei da liberdade econômica
há 9 horas atrás

Entenda o que muda com a lei da liberdade econômica

Entenda o que muda com a lei da liberdade econômica