Logo Portal Ternura
13/12 - IBITINGA-SP
° °

HEPATITE C: 50 mil pessoas por ano devem receber tratamento contra a doença no Brasil

Como parte da estratégia de prevenção das atividades do Julho Amarelo, que alerta para a importância do diagnóstico e tratamento contra as hepatites, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, esteve em Campo Grande (MS), nesta segunda-feira (22), onde


Foto: Rômulo Serpa/MS
Foto: Rômulo Serpa/MS

 

Como parte da estratégia de prevenção das atividades do Julho Amarelo, que alerta para a importância do diagnóstico e tratamento contra as hepatites, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, esteve em Campo Grande (MS), nesta segunda-feira (22), onde divulgou o novo Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais. Atualmente, mais de 500 mil pessoas vivem com o vírus da Hepatite do tipo C e ainda não sabem já que se trata de uma doença silenciosa e que geralmente não apresenta sintomas até que se torne mais grave. Desde janeiro deste ano, foram enviados para todos os estados 24 mil tratamentos completos para hepatite C. A previsão é que cerca de 50 mil pessoas sejam tratadas pelo Sistema Único de Saúde ainda neste ano. Para incentivar a busca pelo diagnóstico e tratamento da doença, o Ministério da Saúde, em parceria com estados e municípios, pactuaram o plano de eliminação da hepatite C até 2030. Segundo Luiza Henrique Mandetta, essa é uma meta possível de ser alcançada. 

“Hoje nós estamos com todas as possibilidades que os médicos pediam para poder fazer o tratamento melhor para cada uma dessas pessoas. São medicamentos extremamente, são medicamentos extremamente. Então nós estamos ampliando a expectativa de tratamento porque temos a expectativa de que, com o aumento da testagem, possamos chegar nesses 50 mil por ano. Nós temos uma meta, uma meta difícil, muito difícil, mas a gente tem que ter até 2030, com vacina e tratamento, ter número praticamente zero de hepatites no Brasil”.

Todas as pessoas diagnosticadas com hepatite C têm a garantia de acesso ao tratamento, sendo que agora em 2019, o Governo Federal fez a maior compra já realizada no Brasil para o tratamento da hepatite C. Foram quase 43 mil tratamentos e outros sete mil estão em processo de compra. Essa ação coloca o Brasil como protagonista mundial no combate a essa doença. 

 

Fonte: Agência do Rádio Brasileiro


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Moro diz que Bolsonaro poderá vetar pontos do projeto anticrime aprovado pelo Congresso
há 10 horas atrás

Moro diz que Bolsonaro poderá vetar pontos do projeto anticrime aprovado pelo Congresso

Moro diz que Bolsonaro poderá vetar pontos do projeto anticrime aprovado pelo Congresso
Mais de 18 mil brasileiros foram detidos em 1 ano por entrarem ilegalmente nos EUA
há 10 horas atrás

Mais de 18 mil brasileiros foram detidos em 1 ano por entrarem ilegalmente nos EUA

Mais de 18 mil brasileiros foram detidos em 1 ano por entrarem ilegalmente nos EUA
Saques de até R$ 998 do FGTS poderão ser feitos em 20 de dezembro, diz presidente da Caixa
há 10 horas atrás

Saques de até R$ 998 do FGTS poderão ser feitos em 20 de dezembro, diz presidente da Caixa

Saques de até R$ 998 do FGTS poderão ser feitos em 20 de dezembro, diz presidente da Caixa
Aprovada lei que criminaliza divulgação de jogos que levam jovens a automutilação
há 1 dia atrás

Aprovada lei que criminaliza divulgação de jogos que levam jovens a automutilação

Aprovada lei que criminaliza divulgação de jogos que levam jovens a automutilação
Bolsonaro sanciona, com vetos, nova lei do FGTS; limite do saque imediato passa a ser R$ 998
há 1 dia atrás

Bolsonaro sanciona, com vetos, nova lei do FGTS; limite do saque imediato passa a ser R$ 998

Bolsonaro sanciona, com vetos, nova lei do FGTS; limite do saque imediato passa a ser R$ 998