Logo Portal Ternura
16/06 - IBITINGA-SP
° °

Mais de 2 milhões de pessoas são afetadas por chuva intensa na China; há mortos, diz mídia estatal

Chuvas que atingiram o centro e o sul da China nos últimos dias deixaram pelo menos cinco vítimas fatais e obrigaram 150 mil pessoas a deixarem suas casas. As perdas econômicas chegam a R$ 2 bilhões, diz a imprensa estatal chinesa.


Casas e carros ficaram submersos depois da chuva intensa que atingiu a província de Jiangxi, na China, nesta segunda-feira (10). — Foto: Stringer/Reuters
Casas e carros ficaram submersos depois da chuva intensa que atingiu a província de Jiangxi, na China, nesta segunda-feira (10). — Foto: Stringer/Reuters

 

Mais de 2 milhões de pessoas foram afetadas pela chuva intensa que atingiu o centro e o sul da China desde a última quinta, informou nesta terça-feira (11) a mídia estatal chinesa. Dessas, pelo 150 mil tiveram que ser transferidas. Até o último levantamento oficial, pelos menos cinco pessoas tinham morrido por causa das chuvas.

A imprensa estatal também afirmou que 9 cidades da província de Jiangxi foram atingidas, com 137.200 hectares de plantações afetados. Outras 1.357 casas desmoronaram dentro da água, e 1.063 ficaram severamente danificadas.

Pessoas tentam tirar bambus do caminho depois da forte chuva que atingiu a província de Guangxi, na China, nesta segunda-feira (10). — Foto:  China Daily via Reuters
Pessoas tentam tirar bambus do caminho depois da forte chuva que atingiu a província de Guangxi, na China, nesta segunda-feira (10). — Foto: China Daily via Reuters

 

As perdas econômicas diretas estão estimadas em 3,73 bilhões de yuans (cerca de R$ 2 bilhões).

Os departamentos meteorológicos provinciais previram que várias rodadas de chuvas torrenciais atingiriam Jiangxi até o início de julho, e também devem se espalhar para outras províncias. Na província de Guizhou, uma cidade inteira ficou submersa em 2 metros de água, e em Guangxi outras 20 mil casas ficaram sem energia, segundo a BBC.

Homem carrega pertences enquanto anda por rua inundada em Guangxi, na China, neste domingo (9). — Foto: Stringer/Reuters
Homem carrega pertences enquanto anda por rua inundada em Guangxi, na China, neste domingo (9). — Foto: Stringer/Reuters

 

Fonte: G1


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Nova lei trabalhista é questionada em 14 ações no STF
há 11 horas atrás

Nova lei trabalhista é questionada em 14 ações no STF

Nova lei trabalhista é questionada em 14 ações no STF
Operação em Brumadinho completa dez dias sem identificação de novas vítimas
há 11 horas atrás

Operação em Brumadinho completa dez dias sem identificação de novas vítimas

Operação em Brumadinho completa dez dias sem identificação de novas vítimas
Ex-senador Gim Argello é solto após ser beneficiado por indulto de Natal
há 11 horas atrás

Ex-senador Gim Argello é solto após ser beneficiado por indulto de Natal

Ex-senador Gim Argello é solto após ser beneficiado por indulto de Natal
Assassino disparou 13 tiros em Rafael Miguel e nos pais dele, aponta laudo
há 11 horas atrás

Assassino disparou 13 tiros em Rafael Miguel e nos pais dele, aponta laudo

Assassino disparou 13 tiros em Rafael Miguel e nos pais dele, aponta laudo
Bolsonaro defende Moro, destaca papel no combate à corrupção e diz que ele livrou o Brasil de 'situa
há 11 horas atrás

Bolsonaro defende Moro, destaca papel no combate à corrupção e diz que ele livrou o Brasil de 'situa

Bolsonaro defende Moro, destaca papel no combate à corrupção e diz que ele livrou o Brasil de 'situação semelhante à da Venezuela'