Logo Portal Ternura
27/06 - IBITINGA-SP
° °

Ministro do STJ se declara impedido para julgamento de liberdade de Temer

Sebastião Reis Júnior não participará de julgamento previsto para esta terça (14). Se houver empate, pelas regras, será aplicado princípio que beneficia o acusado.


O ministro Sebastião Reis Júnior durante sessão do Superior Tribunal de Justiça — Foto: Sergio Amaral/STJ
O ministro Sebastião Reis Júnior durante sessão do Superior Tribunal de Justiça — Foto: Sergio Amaral/STJ

 

O ministro Sebastião Reis Júnior, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), se declarou impedido de julgar pedidos de liberdade apresentados pelo ex-presidente Michel Temer e pelo amigo dele, o coronel João Baptista Lima Filho. Com isso, ele não participará da análise dos casos, marcada para esta terça-feira (14) na Sexta Turma do STJ.

O ministro informou que não participa de julgamentos relacionados a Eletronuclear porque o escritório em que atuou antes de chegar ao STJ trabalhou para a empresa.

Com isso, somente quatro ministros julgarão os pedidos. Se houver empate, será aplicado o princípio do “in dubio pro reo”, ou seja, o impasse entre os ministros favorece o acusado.

A expectativa é que sejam analisados em conjunto os habeas corpus de Michel Temer e Coronel João Baptista Lima Filho. Não é prevista sustentação oral da defesa em habeas corpus no STJ, ou seja, não tem previsão de advogados de defesa falarem. Se a defesa pedir, o presidente da Turma, ministro Nefi Cordeiro, decidirá.

Pela regra, o relator, ministro Antônio Saldanha, é o primeiro a votar. Depois, vota a ministra Laurita Vaz. Em seguida, votam Rogério Schietti e Nefi Cordeiro, presidente da turma.

Michel Temer (MDB) se entregou à Polícia Federal (PF) em São Paulo, na última quinta-feira (9), após decisão da 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) que revogou habeas corpus que garantia a sua liberdade e de seu amigo Coronel Lima.

Temer é acusado de chefiar uma organização criminosa que teria recebido R$ 1,091 milhão em propina nas obras da usina nuclear de Angra 3, operada pela Eletronuclear.

O ex-presidente responde pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro afirma que a soma dos valores de propinas recebidas, prometidas ou desviadas pelo suposto grupo chefiado pelo ex-presidente ultrapassa R$ 1,8 bilhão.

No pedido ao STJ, o advogado Eduardo Carnelós afirma que não há motivos para manter Temer preso porque os fatos apurados ocorreram há muito tempo.

"Não há espaço, data venia, para a manutenção do paciente no cárcere a título cautelar, passado tanto tempo entre os fatos apurados e o presente momento", disse.

No habeas corpus, a defesa de Lima afirma que a manutenção da prisão é ilegal e destaca que o acusado tem 76 anos e tem estado de saúde delicado. Ele tem diabete crônica, já sofreu dois acidentes vasculares cerebrais (AVCs) e câncer no rim, conforme a defesa.

"É certo, então, que a manutenção da segregação cautelar – medida extrema e desnecessária na situação concreta – é não só desproporcional, mas absolutamente ilegal. (...) Fato extremamente lamentável, sobretudo considerando a idade avançada do Paciente (76 anos) e seu gravíssimo e periclitante estado de saúde", escreveram os advogados, que apresentaram informações sobre biópsias e cirurgias realizadas.

 

Fonte: G1


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Dia de conscientização sobre a Doença de Pompe é marcado por campanha nacional
há 12 horas atrás

Dia de conscientização sobre a Doença de Pompe é marcado por campanha nacional

Dia de conscientização sobre a Doença de Pompe é marcado por campanha nacional
Assassino do ator Rafael Miguel é suspeito de vender peças roubadas de veículos, diz polícia
há 12 horas atrás

Assassino do ator Rafael Miguel é suspeito de vender peças roubadas de veículos, diz polícia

Assassino do ator Rafael Miguel é suspeito de vender peças roubadas de veículos, diz polícia
Projeto de Bolsonaro prevê ampliar 'por regulamento' o número de categorias com direito a porte de a
há 12 horas atrás

Projeto de Bolsonaro prevê ampliar 'por regulamento' o número de categorias com direito a porte de a

Projeto de Bolsonaro prevê ampliar 'por regulamento' o número de categorias com direito a porte de arma de fogo
Vale anuncia pacote de obras de R$ 1,8 bilhão para Brumadinho até 2023
há 12 horas atrás

Vale anuncia pacote de obras de R$ 1,8 bilhão para Brumadinho até 2023

Vale anuncia pacote de obras de R$ 1,8 bilhão para Brumadinho até 2023
Venda de ações da Petrobras pela Caixa movimenta R$ 7,3 bilhões
há 12 horas atrás

Venda de ações da Petrobras pela Caixa movimenta R$ 7,3 bilhões

Venda de ações da Petrobras pela Caixa movimenta R$ 7,3 bilhões