Logo Portal Ternura
10/12 - IBITINGA-SP
° °

MP-SP instaura inquérito para apurar morte de cachorro em supermercado de Osasco

Inquérito foi instaurado pela promotoria Cível de Osasco nesta quarta (5). Segundo ativistas, animal foi envenenado e espancado por segurança de loja do Carrefour.


O Ministério Público de São Paulo instaurou, na tarde desta quarta-feira (5), inquérito civil para apurar a ocorrência e os responsáveis pelos maus tratos que resultaram na morte de um cachorro dentro de uma unidade da rede Carrefour, situada em Osasco.

Segundo ativistas, o animal morreu após ser envenenado e espancado por um segurança da loja, na última quinta-feira (28). A Polícia Civil apura o caso. O segurança suspeito de cometer o crime foi intimado nesta terça (4).

O inquérito foi instaurado pelo promotor de Justiça Marco Antônio de Souza, da promotoria de Osasco e, segundo o MP, teve início após o recebimento de diversas representações e ampla divulgação do fato, tanto pelos veículos de comunicação quanto por redes sociais.

No texto, a promotoria considera, entre outros aspectos, que segundo a lei, é dever do Estado proteger todos os animais.

De acordo com a Constituição, pessoas físicas ou jurídicas que adotam condutas consideradas lesivas ao meio ambiente devem sofrer sanções penais e administrativas, independentemente da obrigação de reparar os danos causados.

 

Histórico

 

De acordo com ativistas, o cachorro, conhecido como "Manchinha, morreu após ser envenenado e espancado por um funcionário de uma loja da rede do supermercado Carrefour, em Osasco.

"Um segurança do Carrefour que matou o cachorro. Ia ter uma visita de supervisores da matriz e o dono do mercado, da filial de Osasco, pediu para o funcionário dar um fim no cachorro. Ele deu chumbinho no meio de mortadela, e agrediu o cachorro", afirmou ao G1 Rafael Leal, da ONG Cão Leal.

Fotos do animal ferido e a denúncia das agressões foram divulgadas no Facebook. Uma das postagens teve quase 20 mil compartilhamentos.

 

 Postagem de ativista nas redes sociais relata que cachorro foi espancado e envenenado por funcionário de unidade do Carrefour  — Foto: Reprodução/Facebook
Postagem de ativista nas redes sociais relata que cachorro foi espancado e envenenado por funcionário de unidade do Carrefour — Foto: Reprodução/Facebook

Em nota, o Carrefour afirma que o animal circulava pela unidade há alguns dias e que o Centro de Zoonoses foi acionado diversas vezes para que o cachorro fosse retirado do local, mas o chamado só foi atendido na última sexta (30).

Em nota, a rede afirma que o funcionário envolvido foi previamente afastado. O texto, entretanto, alega que o animal perdeu os sentidos após a abordagem de profissionais do Centro de Zoonoses de Osasco.

"No momento da abordagem dos profissionais do órgão para imobilização, o cachorro desfaleceu em razão do uso de um 'enforcador'".

A Prefeitura de Osasco confirmou que recolheu o animal ferido e sangrando, com escoriações múltiplas. No entanto, a nota enviada pela assessoria de imprensa não cita o desmaio durante o uso do enforcador.

Rafael Leal contesta a versão do Carrefour e diz que o animal não foi retirado da loja por profissionais do Centro de Zoonoses. Ele foi socorrido por quem passava pelo local e viu o cachorro ferido. "O cachorro foi resgatado com vida todo ensanguentado por uma pessoa que estava perto e socorreu. Ele foi levado para uma clínica veterinária particular, mas morreu em atendimento", conta.

 

 Cachorro teria sido envenenado e espancado por funcionário de unidade do Carrefour  — Foto: Reprodução/Facebook
Cachorro teria sido envenenado e espancado por funcionário de unidade do Carrefour — Foto: Reprodução/Facebook

 

Fonte: G1


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

há 5 minutos atrás

Divisão entre motoristas enfraquece greve prevista dos caminhoneiros

Divisão entre motoristas enfraquece greve prevista dos caminhoneiros
Divisão entre motoristas enfraquece greve prevista dos caminhoneiros
há 5 minutos atrás

Divisão entre motoristas enfraquece greve prevista dos caminhoneiros

Divisão entre motoristas enfraquece greve prevista dos caminhoneiros
Polícia Civil investiga latrocínio de homem de 41 anos no Lago Sul
há 11 minutos atrás

Polícia Civil investiga latrocínio de homem de 41 anos no Lago Sul

Polícia Civil investiga latrocínio de homem de 41 anos no Lago Sul
Policial civil aposentado é assassinado durante assalto a chácara
há 15 minutos atrás

Policial civil aposentado é assassinado durante assalto a chácara

Policial civil aposentado é assassinado durante assalto a chácara
DF é invadido por drogas caras, consumidas e vendidas pela classe média
há 18 minutos atrás

DF é invadido por drogas caras, consumidas e vendidas pela classe média

DF é invadido por drogas caras, consumidas e vendidas pela classe média