Logo Portal Ternura
14/08 - IBITINGA-SP
° °

Os jovens precisam de oportunidades!

Cenário de pandemia é desafiador para os estudantes, contudo, o estágio é a melhor alternativa para inserí-los no mercado.


Ao ser eleito o novo presidente da Abres, perguntaram-me sobre as expectativas para os próximos dois anos. Estamos em um momento extremamente desafiador para o jovem no Brasil. Segundo o IBGE, no primeiro trimestre de 2020, antes de iniciar a Covid-19, 27,1% deles já estavam sem uma oportunidade de trabalho. Entretanto, eles são fundamentais para contribuir com a inovação nas empresas e a superação da crise! Por isso, devemos estimular os empresários: invistam no estágio e na formação dos mais novos!

Nesse cenário de pandemia e dificuldade econômica, a Abres tem um papel ainda mais decisivo em preservar a Lei do Estágio! Afinal, ela é extremamente moderna e eficaz para inserir estudantes no mundo corporativo e, ao mesmo tempo, mantê-los na escola, seja na universidade, no ensino médio ou técnico, com uma carga horária limitada em 6 diárias e 30 semanais.

O estágio proporciona renda, experiência, chance de efetivação, acaba com a evasão escolar e prepara a juventude para o futuro. Esse porvir está cada vez mais complicado devido à situação da saúde pública a qual gerou um volume altíssimo de desemprego e pobreza. Por isso, é preciso aumentar os níveis de estudo e pesquisa para as empresas e brasileiros conseguirem competir mundialmente, ou teremos um país focado em produzir commodities com altíssimo subemprego.

Contudo, quando falamos em educação, temos um triste cenário. Apenas 21% dos cidadãos brasileiros de 25 a 35 anos possuem ensino superior completo, de acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A média dos demais países analisados é de 44%! Necessitamos mudar essa realidade urgentemente.

Se você é empresário, faça a sua parte! Abra vagas de estágio e auxilie os educandos a iniciarem suas carreiras e se qualificarem. Ao contratar alunos, as corporações ainda têm como vantagem a isenção de tributos como INSS, FGTS, 13º salário e multas rescisórias. É o formato ideal para treinar e efetivar alguém sem vícios prévios de mercado.

Mesmo com o distanciamento social, as tecnologias atuais permitem realizar todo processo seletivo remotamente. Além disso,  os estagiários também podem fazer home office! Isso foi previsto pela Medida Provisória 927/2020: 

“Art. 5º  - Fica permitida a adoção do regime de teletrabalho, trabalho remoto ou trabalho a distância para estagiários e aprendizes, nos termos do disposto neste Capítulo.” 

Portanto, vale a pena investir nesses talentos. A Abres está disposta a ajudar empresas, jovens e o país a superarem essas dificuldades e, cada vez mais, garantir um futuro brilhante a quem mais precisa!

 

 

Fonte: Abres


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Paulo Guedes anuncia novos secretários especiais
há 24 minutos atrás

Paulo Guedes anuncia novos secretários especiais

Paulo Guedes anuncia novos secretários especiais
há 25 minutos atrás

Trump diz que não vetará projeto de ajuda do coronavírus

Trump diz que não vetará projeto de ajuda do coronavírus
Incêndio florestal na Califórnia força moradores a deixarem suas casas
há 28 minutos atrás

Incêndio florestal na Califórnia força moradores a deixarem suas casas

Incêndio florestal na Califórnia força moradores a deixarem suas casas
São Paulo ajusta números e tem 26,3 mil mortes por coronavírus
há 30 minutos atrás

São Paulo ajusta números e tem 26,3 mil mortes por coronavírus

São Paulo ajusta números e tem 26,3 mil mortes por coronavírus
OMS minimiza risco de novo coronavírus entrar na cadeia alimentar
há 34 minutos atrás

OMS minimiza risco de novo coronavírus entrar na cadeia alimentar

OMS minimiza risco de novo coronavírus entrar na cadeia alimentar