Logo Portal Ternura
19/01 - IBITINGA-SP
° °

Rival do Nubank, C6 Bank emite cartões com nomes de animais de estimação

Novo banco digital está convidando desde maio clientes que queiram testar funcionalidades e serviços


Cartão do C6 Bank é emitido em nome dos pets Mingo e Nutella

Cartão do C6 Bank é emitido em nome dos pets Mingo e Nutella (Mingo e Nutella/Instagram/Reprodução)

São Paulo — Os primeiros clientes do C6 Bank começaram a receber seus cartões de crédito e débito em casa, com uma curiosidade: o banco digital permite que os usuários coloquem o nome que quiserem no plástico.

Há pessoas que resolveram homenagear seus animais de estimação e colocaram os nomes de gatos e cachorros no cartão. Alguns deles compartilharam a empolgação com a novidade nas redes sociais.

Juliana Monteiro, de São Luís (MA), emitiu o cartão em nome de seu gatos Mingo e Nutella e fez um post no Instagram e no Facebook. Veja abaixo a publicação.

Segundo o C6, as transações são autenticadas por chip e senha, por isso não importa o nome que esteja grafado no cartão. Nas operações pela internet, o nome válido será sempre o nome completo do cliente.

Concorrente do Nubank, o C6 Bank, banco digital que recebeu em janeiro a licença do Banco Central para operar como banco múltiplo, está convidando desde maio clientes que queiram testar funcionalidades e serviços antes do lançamento oficial.

Os interessados podem pedir um convite para integrar o programa no site da fintech. Todo mundo que pedir convite receberá, por ordem de inscrição, um código que permite começar a usar o app da instituição financeira, que já está disponível para iPhones e Androids.

No app, os usuários têm conseguido fazer o pedido de abertura de conta em cerca de dez minutos. O tempo médio para a efetivação da abertura de contas é de duas horas. O banco não divulga qual é o total de clientes que já pediram convites ou abriram conta.

Os testadores já podem ter acesso à conta-corrente sem taxa de manutenção, saques gratuitos e ilimitados, pagamentos de boletos, TEDs ilimitados e gratuitos, cartão de crédito múltiplo (crédito e débito) com tecnologia contactless (pagamento por aproximação) e uma oferta de CDBs próprios.

A ideia da fintech é aperfeiçoar o app conforme a experiência do usuário. Também haverá ampliação da oferta de produtos. A cada 15 dias, uma nova atualização do app será liberada nas lojas de aplicativos.

O banco digital

O C6 Bank foi criado em março de 2018 pelos ex-executivos do banco BTG Pactual Marcelo Kalim, Carlos Fonseca, Leandro Torres e Luiz Marcelo Calicchio. Kalim é o presidente do banco.

De pequeno, o C6 Bank não tem nada. O banco digital ocupa um prédio de oito mil metros quadrados no bairro dos Jardins, em São Paulo. Atualmente, a fintech tem 500 funcionários.

Com capital social de 250 milhões de reais no momento, os investimentos dos acionistas somarão 500 milhões de reais até dezembro.

Fonte: Extra


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Janeiro Verde faz campanha contra o câncer de colo de útero
há 24 minutos atrás

Janeiro Verde faz campanha contra o câncer de colo de útero

Janeiro Verde faz campanha contra o câncer de colo de útero
Mega-Sena, concurso 2.225: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 32 milhões
há 26 minutos atrás

Mega-Sena, concurso 2.225: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 32 milhões

Mega-Sena, concurso 2.225: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 32 milhões
Harry e Meghan deixarão de usar o título de 'alteza real'
há 28 minutos atrás

Harry e Meghan deixarão de usar o título de 'alteza real'

Harry e Meghan deixarão de usar o título de 'alteza real'
Cesáreas são benéficas para mãe e para o bebê?
há 37 minutos atrás

Cesáreas são benéficas para mãe e para o bebê?

Cesáreas são benéficas para mãe e para o bebê?
Inep aponta falha de gráfica e estima 'menos de 9 mil' notas erradas no Enem
há 50 minutos atrás

Inep aponta falha de gráfica e estima 'menos de 9 mil' notas erradas no Enem

Inep aponta falha de gráfica e estima 'menos de 9 mil' notas erradas no Enem