Logo Portal Ternura
22/09 - IBITINGA-SP
° °

Uso de cadeirinha no carro reduz as mortes em 60%, afirma OMS

A instituição indica que mecanismos de restrições para crianças em veículos são "altamente eficazes na redução de ferimentos e mortes"


O uso de cadeirinhas pode levar a uma redução de pelo menos 60% nas mortes de crianças no trânsito, segundo relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS). O órgão indica que mecanismos de restrições para crianças em veículos são “altamente eficazes na redução de ferimentos e mortes”. Desde que o uso se tornou obrigatório no Brasil, o número de mortes de crianças de 0 a 9 anos no trânsito caiu 12,5%.

Em relatório para segurança viária, de 2018, a OMS indicou que 84 países têm legislação nacional de retenção para crianças – em levantamento que inclui o Brasil. Entre estes, 33 países, com 9% da população mundial, cumprem critérios de melhores práticas em sistemas de retenção para crianças.

Países europeus são os que, segundo a OMS, têm medidas mais seguras, com legislações sobre o tema e padrões de restrição tanto para bebês quanto para crianças maiores. Na terça-feira, 4, o presidente Jair Bolsonaro enviou um projeto de lei à Câmara dos Deputados em que, entre outros pontos, põe fim às multas a quem não transportar crianças com os equipamentos.

A medida é criticada por especialistas. “Se estamos retirando uma infração que é comprovada pela OMS e por atores internacionais, como medida levada a sério no mundo, (o governo) está contribuindo para promover mais mortalidade de jovens e crianças”, diz Pedro de Paula, coordenador executivo da Iniciativa Bloomberg para a Segurança Global no Trânsito.

“Os assentos de um carro foram pensados para um adulto. Uma cadeirinha, adaptada ao corpo e à massa da criança, é a única forma segura”, diz Gabriela Guida, gerente executiva da ONG Criança Segura. Na quarta-feira, 5, a organização, em parceria com a Sociedade Brasileira de Pediatria e a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, lançou um manifesto contra a medida. Segundo o grupo, há “riscos à integridade das crianças.”

 

Proteção

De 2008, ano em que as cadeirinhas se tornaram obrigatórias no País, até 2017, o número de mortes de crianças de 0 a 9 anos que ocupavam veículos caiu de 319 para 279 (redução de 12,5%), segundo dados do Ministério da Saúde tabulados pela ONG Criança Segura.

Para Gabriela, o uso do equipamento é um dos fatores que explicam a queda. “Sabemos que nem todos usam, mas, antes da lei, as pessoas nem sabiam que a cadeirinha existia.” Em São Paulo, pesquisa da Iniciativa Bloomberg indica que 53% usam os assentos com crianças de até 11 anos.

O analista de sistemas Giuliano Russo Fusari, de 37 anos, conhece a importância por experiência própria. Em 2014, sofreu acidente de carro quando estava com os dois filhos – um de 5 e uma de 1 ano e 3 meses. Eles não se feriram. “Meu filho me chamou, porque tinha uma vespa no carro. O semáforo tinha acabado de abrir. Virei e vi a vespa. Virei de novo para tentar espantá-la.” Foi quando o carro subiu na calçada e capotou. “Bati a cabeça no volante e o vidro do passageiro quebrou.”

O carro ficou com as rodas para cima e meus filhos ficaram pendurados na cadeirinha. Acho que, se não fosse a cadeirinha, teriam se machucado.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Fonte: Exame


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

há 27 minutos atrás

Conheça alguns dos alimentos típicos da primavera

Conheça alguns dos alimentos típicos da primavera
Saúde promove 1ª programação artística virtual sobre doação de órgãos
há 30 minutos atrás

Saúde promove 1ª programação artística virtual sobre doação de órgãos

Saúde promove 1ª programação artística virtual sobre doação de órgãos
Chuva causa transtornos e deixa o Rio em estado de atenção
há 39 minutos atrás

Chuva causa transtornos e deixa o Rio em estado de atenção

Chuva causa transtornos e deixa o Rio em estado de atenção
Estação das flores começa nesta terça-feira
há 48 minutos atrás

Estação das flores começa nesta terça-feira

Estação das flores começa nesta terça-feira
Banco dos EUA levanta suspeita sobre lavagem de R$ 1,4 bi na Eucatex de Maluf
há 1 hora atrás

Banco dos EUA levanta suspeita sobre lavagem de R$ 1,4 bi na Eucatex de Maluf

Banco dos EUA levanta suspeita sobre lavagem de R$ 1,4 bi na Eucatex de Maluf