10 funcionários de asilo particular com surto de Covid-19 testam positivo em São Carlos

Vírus pode ter sido levado por alguma pessoa sem sintomas que frequentou a clínica, diz médico proprietário do local. Além dos colaboradores, 13 idosos foram contaminados; 1 está na UTI.

Compartilhe:

asilo particular com surto de Covid-19, em São Carlos (SP), confirmou nesta sexta-feira (31) mais 10 testes positivos para doença em funcionários do local.

As coletas foram feitas em laboratório particular a pedido da Clínica Flamboyant. Com os resultados, o asilo soma 13 casos entre os 26 pacientes e 10 entre os 31 funcionários.

Entre todos os confirmados, dois idosos chegaram a ser internados. Nesta sexta-feira, um deles recebeu alta e o outro continua em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para acompanhamento do caso.

 

Início do surto

Ao G1, o médico e proprietário do asilo particular, Danilo Furtado, explicou que atualmente a clínica está fechada para visitas e entrada de novos residentes.

“Quando a pandemia estava estável aqui na cidade, a gente recebeu pacientes do hospital, mas essas pessoas eram negativas [para Covid-19]. Isso não teve nada correlacionado agora”, disse.

A modalidade de “centro dia”, popularmente conhecida como “creche do idoso”, também foi suspensa, ou seja, os pacientes que antes passavam parte dos períodos na clínica e voltavam para casa não são mais aceitos. “Todas as clínicas pararam de fazer essa modalidade e estão aceitando apenas os residentes”, afirmou.

De acordo com Furtado, a suspeita do surto surgiu na última semana, quando alguns dos residentes passaram a ter sintomas da doença, como tosse, espirros e febre. Para verificar a situação, todos os idosos foram submetidos aos testes na terça-feira (28).

Após a chegada dos resultados, todos os funcionários também foram testados para o novo coronavírus. O resultado foi divulgado nesta sexta-feira (31).

Ainda segundo o proprietário, entram na clínica apenas os funcionários da área da saúde, da cozinha, da limpeza e manutenção. As entregas de alimentos e medicamentos, por exemplo, são todas deixadas na entrada.

“Circulação interna são somente as pessoas que trabalham lá. A grande possibilidade é que foi alguém que trabalha na clínica, mas é muito difícil de determinar. Por isso, estamos tratando como alguma pessoa assintomática que frequentou o ambiente da clínica”, disse.

Já a circulação externa é feita apenas no jardim, onde os familiares podem ver os residentes de longe, sem manter contato com os idosos.

 

Medidas de proteção

Segundo Furtado, desde o início da pandemia, os funcionários do asilo se trocam no vestiário antes de entrar para trabalhar e usam apenas uniforme, além de luvas e máscaras.

higienização da clínica é feita com os produtos indicados, como o álcool em gel, saponáceos e o hipoclorito.

“Todos os funcionários ficam com os EPIs o tempo todo, mas temos dificuldade em manter os idosos com as máscaras, já que muitos não são lúcidos e não conseguem aceitar”, explicou.

Desde a chegada dos resultados, de acordo com o proprietário, os idosos foram divididos entre contaminados e não contaminados. Já os funcionários infectados foram afastados e cumprem quarentena em casa.

 

Notificação

A Vigilância Epidemiológica de São Carlos notificou, na quinta-feira (30), o surto de Covid-19 no asilo particular. Para a prefeitura, a direção de clínica informou que os idosos estão sendo acompanhados por médicos da própria instituição.

Os familiares de todos foram comunicados, já que as visitas estavam suspensas desde março com a chegada da pandemia do novo coronavírus ao Brasil.

Ainda segundo o município, o prédio onde a clínica funciona já passou por desinfecção. A Vigilância Sanitária também está monitorando a situação, e se necessário, tomará novas medidas.

 

 

Fonte: G1

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Mais notícias sobre Regional

Vacinação começa em Araraquara com a presença de João Dória

Vacinação começa em Araraquara com a presença de João Dória

Vacinação começa em Araraquara com a presença de João Dória

Idosa é atropelada por moto ao tentar atravessar avenida em Assis

Idosa é atropelada por moto ao tentar atravessar avenida em Assis

Polícia prende terceiro suspeito de matar músico a tiros em rodovia de Lins

Polícia prende terceiro suspeito de matar músico a tiros em rodovia de Lins

Técnica de Enfermagem da UTI é a primeira vacinada do HC de Botucatu

Técnica de Enfermagem da UTI é a primeira vacinada do HC de Botucatu

Mais notícias sobre Regional

Vacinação começa em Araraquara com a presença de João Dória

Vacinação começa em Araraquara com a presença de João Dória

Vacinação começa em Araraquara com a presença de João Dória

Idosa é atropelada por moto ao tentar atravessar avenida em Assis

Idosa é atropelada por moto ao tentar atravessar avenida em Assis

Polícia prende terceiro suspeito de matar músico a tiros em rodovia de Lins

Polícia prende terceiro suspeito de matar músico a tiros em rodovia de Lins

Técnica de Enfermagem da UTI é a primeira vacinada do HC de Botucatu

Técnica de Enfermagem da UTI é a primeira vacinada do HC de Botucatu

Publicidade