Após seis meses, Barra Bonita retoma navegação turística no Rio Tietê

Passeio segue regras de distanciamento e higienização para evitar a disseminação do coronavírus e está liberado somente aos finais de semana.

Compartilhe:

Depois de seis meses parada por causa da pandemia, a navegação turística no Rio Tietê foi retomada em Barra Bonita (SP) aos finais de semana. O passeio segue as medidas de distanciamento e higienização para evitar a disseminação do coronavírus.

"Nós seguimos todos os protocolos do Ministério do Turismo, Governo do Estado, protocolo náutico, de turismo náutico. Distanciamento, higienização, limpeza da embarcação, tudo de acordo", garante o diretor Edgar Palmesan.

Agora, a maior parte das vendas dos bilhetes está sendo feita pela internet para evitar aglomerações e, por enquanto, as excursões estão proibidas. Os horários também foram alterados porque o almoço durante a volta de navio está suspenso.

Os barcos também precisam levar apenas 40% da capacidade permitida, entre tripulantes e passageiros. No embarque, a temperatura das pessoas é aferida e há vários avisos sobre as novas medidas de prevenção.

Neste fim de semana, visitantes de todos os cantos do estado aproveitaram para fazer o passeio. São quase duas horas de navegação com música e um pouco da história do rio paulista.

A eclusa é o ponto alto do passeio. No elevador movido a água, o navio sobe 26 metros em 12 minutos depois das comportas fechadas.

A barragem foi erguida na década de 60 e a eclusa foi inaugurada em 1973, a primeira da América do Sul. Por causa dela, o rio é bastante aproveitado para navegação.

O tapeceiro Nilson Oliveira Arruda é de Tietê e foi visitar parentes em Botucatu neste fim de semana. Já que estava na região, ligou para saber se o serviço tinha retomado e conferiu com os filhos a volta dos passeios de barco.

"A gente veio bem surpreso para ver se estava funcionando, ligamos, mas é perfeito. Fica até mais confortável com espaço", opina Nilson.

"É muito legal porque ele [barco] vai subindo e eu queria saber como ele sobe junto com o rio", comenta a filha de Nilson, Ana Lauryn Silva, de 7 anos.

 

 

Fonte: G1

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Publicidade

Mais notícias sobre Regional

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Aumento dos custos preocupa produtores rurais no interior de SP

Aumento dos custos preocupa produtores rurais no interior de SP

Homem é preso após assaltar mercado em Tabatinga; veja o vídeo

Homem é preso após assaltar mercado em Tabatinga; veja o vídeo

Pai e filho morrem em acidente com três caminhões em rodovia de Avaré

Pai e filho morrem em acidente com três caminhões em rodovia de Avaré

Publicidade

Mais notícias sobre Regional

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Aumento dos custos preocupa produtores rurais no interior de SP

Aumento dos custos preocupa produtores rurais no interior de SP

Homem é preso após assaltar mercado em Tabatinga; veja o vídeo

Homem é preso após assaltar mercado em Tabatinga; veja o vídeo

Pai e filho morrem em acidente com três caminhões em rodovia de Avaré

Pai e filho morrem em acidente com três caminhões em rodovia de Avaré

Publicidade