Atendimentos médicos sofrem atrasos desde afastamento de servidores em Araraquara

Profissionais que trabalham diretamente com o público, têm 60 anos ou mais e comorbidades foram afastados pela prefeitura há um mês conforme decisão judicial.

Compartilhe:


Atendimentos médicos sofrem atrasos desde afastamento de servidores em Araraquara — Foto: Prefeitura de Araraquara/Divulgação

 

Os moradores de Araraquara (SP) que dependem da rede básica de Saúde estão com dificuldades para agendar atendimentos desde que os servidores municipais que trabalham diretamente com o público, têm 60 anos ou mais e comorbidades foram afastados pela prefeitura.

A medida adotada no município atende a uma liminar expedida pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), após solicitação do Ministério Púbico do Trabalho (MBT). A determinação vale até o fim da pandemia.

A coordenadora executiva da atenção básica de Araraquara, Thalita Martins, confirmou que os agendamentos estão mais demorados e disse que a prefeitura já fez uma primeira reunião para montar o edital do processo seletivo para contratação de profissionais (veja mais abaixo).

 

Servidores afastados

 

De acordo com a prefeitura, no total, 268 servidores da pasta da saúde se encaixam nos critérios, sendo que apenas nos postos de saúde, foram afastados:

  • 38 técnicos de enfermagem;
  • 6 enfermeiros;
  • 5 médicos da família e comunidade;
  • 3 ginecologistas e obstetras;
  • 4 pediatras;
  • 4 médicos clínico geral.

 

A aposentada Luciana Pitanga foi uma das moradoras de Araraquara que não consegue agendar um atendimento médico no posto de saúde há mais de um mês.

“Eu procurei o posto de saúde do meu bairro para agendar uma nova consulta que eu preciso com um especialista faz pouco mais de um mês e não tem previsão para quando vai ser marcada essa consulta”, contou.

De acordo com Thalita, o número inferior de profissionais clínicos gerou uma demora para atendimento, mas em necessidades os pacientes serão atendidos.

“Caso tenham alguma exacerbação de alguma doença de base tem que procurar alguma unidade de saúde e ter paciência, que eu acho que é muito importante para entender que aqueles profissionais que estão na linha de frente estão tentando, mesmo com esse déficit de recursos humanos, fazer o melhor”, disse.

 

 

Outras frentes

Além disso, 25 motoristas que trabalham para a secretaria também estão dentro dos critérios para afastamento.

Segundo a dirigente do Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região (Sismar) Renata Critina Marcolino, o serviço de prevenção à dengue pode ser prejudicado, porque os motoristas têm papel fundamental no transporte dos agentes ate os bairros.

“O motorista chegava à sede, pegava o transporte, juntava toda equipe e aí ele ia distribuir em vários bairros essa equipe. Com a ausência do motorista, o funcionário vai ser setorizado para que ele não tenha que vir até à sede. Isso tudo vai causar um transtorno e é uma preocupação muito grande”, explicou.

Para a outra dirigente sindical, Suely Scodeller, a situação só não está pior porque os servidores que ficaram no trabalho estão fazendo horas extras para manter a qualidade do serviço prestado.

“A gente tem que pedir para que todo servidor colabore, porque se dentro de uma unidade tiver cinco pessoas e só dois fizerem hora extra, não vamos conseguir cobrir essa escala, então todo mundo que está na rede básica, na linha de frente, está fazendo essas horas extras para conseguir cobrir toda essa demanda”, disse.

 

Liminar

A liminar, que atende parcialmente a um pedido do Ministério Público do Trabalho, decidiu pelo afastamento daqueles que trabalham diretamente com o público, têm 60 anos ou mais e comorbidades.

Antes disso, quando o município decretou estado de calamidade por causa da pandemia, foi determinado o afastamento dos servidos idosos, com exceção dos servidores considerados essenciais ao enfrentamento da covid 19, como os profissionais da saúde.

 

 

Fonte: G1

 

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Publicidade

Mais notícias sobre Regional

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Aumento dos custos preocupa produtores rurais no interior de SP

Aumento dos custos preocupa produtores rurais no interior de SP

Homem é preso após assaltar mercado em Tabatinga; veja o vídeo

Homem é preso após assaltar mercado em Tabatinga; veja o vídeo

Pai e filho morrem em acidente com três caminhões em rodovia de Avaré

Pai e filho morrem em acidente com três caminhões em rodovia de Avaré

Publicidade

Mais notícias sobre Regional

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Idosa morre após carro atingir caminhão canavieiro em rodovia de Canitar

Aumento dos custos preocupa produtores rurais no interior de SP

Aumento dos custos preocupa produtores rurais no interior de SP

Homem é preso após assaltar mercado em Tabatinga; veja o vídeo

Homem é preso após assaltar mercado em Tabatinga; veja o vídeo

Pai e filho morrem em acidente com três caminhões em rodovia de Avaré

Pai e filho morrem em acidente com três caminhões em rodovia de Avaré

Publicidade