Logo Portal Ternura
22/09 - IBITINGA-SP
° °

Candidatos aprovam tema da redação; 'sofria intolerância', conta estudante

Enem deste ano pediu que alunos dissertassem sobre intolerância religiosa. Para jovem de São Carlos, solução para o problema começa na escola.



Richard de Oliveira Leite Júnior, de 18 anos, quer estudar na UFSCar (Foto: Thayná Cunha/G1)

O tema da redação deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), "caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil", agradou estudantes que prestaram a prova em São Carlos (SP) e foi elogiado por quem já sofreu com o problema.

Quando eu era criança,
sofria intolerância religiosa
na escola, as pessoas me
olhavam diferente por
causa das roupas que
usava e tudo mais"

Richard Leite Júnior, estudante

"Foi um tema muito legal, é importante para abrir a mente de muitas pessoas", disse o jovem Richard de Oliveira Leite Júnior, de 18 anos. "Quando eu era criança, sofria intolerância religiosa na escola, as pessoas me olhavam diferente por causa das roupas, da saia, do vestido que minha mãe usava quando ia me buscar", contou.

"Quando cresci e decidi não seguir a minha família, que é evangélica, e experimentei outras religiões, também sofri muito preconceito, mas acho que a maior parte vem do lado em que tudo se torna violento por causa dessa religião", afirmou.

Para ele, o caminho para combater a questão está na educação. "Como disse na redação, acredito que a mudança para essa intolerância deve começar na escola, onde todos deveriam mostrar diferentes posicionamentos em relação a tudo".

ENEM 2016 - DOMINGO (6) – SÃO CARLOS (SP) – Ricardo Ferreira da Costa saiu da prova às 15h32 (Foto: Thayná Cunha/G1)
Ricardo Ferreira da Costa saiu da
prova às 15h32 (Foto: Thayná Cunha/G1)

Primeiro a sair, apenas dois minutos após a reabertura dos portões, Ricardo Ferreira da Costa também gostou do tema.

"Deu para abordar bastante coisa", falou o estudante, que cursa administração e resolveu fazer a prova para testar seus conhecimentos. "Acho que hoje fui muito melhor, tanto nas questões de matemática quanto em português e na redação", disse.

"O tema foi fácil, mas tinha muita coisa que podia ser abordada, então acaba ficando complicado, mas acredito que fui bem e deu para testar o conhecimento", comentou Renan Willian Araújo.

"Quando se pega um tema muito complexo é bom porque dá para dissertar sobre diversos pontos", avaliou a professora Rita Maria Veltroni, outra a prestar o exame para testar conhecimentos.

"Eu nunca passei por nenhuma situação, mas vejo muitos casos de intolerância, acabo vendo toda essa violência. Acho que o fato de haver tantas religiões e esse número crescendo acaba gerando ainda mais desacerto. Na redação, coloquei meus pontos essenciais e acho que fui bem", completou.

Fonte: G1

*Sob supervisão de Stefhanie Piovezan, do G1 São Carlos e Araraquara


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Regional

mais notícias

Atendimentos médicos sofrem atrasos desde afastamento de servidores em Araraquara
há 1 hora atrás

Atendimentos médicos sofrem atrasos desde afastamento de servidores em Araraquara

Atendimentos médicos sofrem atrasos desde afastamento de servidores em Araraquara
Filhote de tamanduá-mirim é resgatado em Araras com queimaduras nas patas
há 1 hora atrás

Filhote de tamanduá-mirim é resgatado em Araras com queimaduras nas patas

Filhote de tamanduá-mirim é resgatado em Araras com queimaduras nas patas
Live dará abertura a Festa das Comunidades 2020
há 2 horas atrás

Live dará abertura a Festa das Comunidades 2020

Live dará abertura a Festa das Comunidades 2020
há 19 horas atrás

Após seis meses, Barra Bonita retoma navegação turística no Rio Tietê

Após seis meses, Barra Bonita retoma navegação turística no Rio Tietê
Adolescente suspeito de roubo de carro é morto após perseguição e troca de tiros com a PM em Matão
há 19 horas atrás

Adolescente suspeito de roubo de carro é morto após perseguição e troca de tiros com a PM em Matão

Adolescente suspeito de roubo de carro é morto após perseguição e troca de tiros com a PM em Matão