Logo Portal Ternura
22/08 - IBITINGA-SP
° °

Cultura do milho deve encontrar estabilidade com safra de verão

Segundo técnico do Sindicato Rural, há corretores "travando o preço"


Por Yara Racy

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) previu colheita total de milho (safras verão e segunda safra) 19,1% menor no país, em relação à 2014/15, com 68,4 milhões de toneladas.

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o produtor rural que trabalhar sobre a retenção, projetando ganhos no mercado, poderá ver esse método frustrado, pois o cálculo de estoque de passagem do cereal é de 4,47 milhões de toneladas para 31 de janeiro de 2017.

A estimativa é que, apesar de o milho ter alcançado níveis recordes de preço na comparação com os dois últimos anos — chegando a ser travado para entrega futura a R$ 36,50 a saca —, a cultura deve encontrar estabilidade com uma safra de verão maior.

Segundo o técnico agrícola do Sindicato Rural, Valdecir Vasconcelos, há corretores travando a este preço, no Posto de Campinas, o que é considerado excelente. Para se ter ideia, a saca do milho já chegou a ser vendida a R$ 18,00. A cultura registrou alguns anos com rentabilidade muito baixa, mas agora pode ser considerada boa, por volta de 30%.

Para o MAPA, depois da queda de entrada de safra, a cotação pode recuperar um pouco, mas não voltará mais para o nível anterior, o preço terá uma estabilidade.

Com o preço variando entre R$ 70,00 e R$ 73,00 a saca, muitos produtores tem optado por ampliar o plantio da soja por causa da sua rentabilidade. O proprietário do Sítio Santa Cruz, Nélson De Santis, trabalha com a cultura do milho há 15 anos e pela falta de retorno nos últimos anos, com custo de manutenção caro e queda no preço, optou pela soja, que acredita ter maior perspectiva de produtividade.

Segundo o técnico do Sindicato Rural, os problemas enfrentados com a rentabilidade baixa nos últimos anos levaram muitos produtores a se especializar na soja, porém, a cultura do milho já registrou recuperação na safra 2015/2016.

Como o risco de perder a soja por causa da estiagem é menor do que na cultura do milho, e a rentabilidade do grão é boa, muitos optaram pela substituição, mas segundo Valdecir essa cultura é diferente e exige técnica mais apurada para o cultivo. São muitos fatores que envolvem a questão do preço, como a produção nos EUA e a ação do El Niño. É uma aposta.


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Regional

mais notícias

Município de Borborema adere ao Programa de Parcerias Municipais do Governo do Estado
há 1 hora atrás

Município de Borborema adere ao Programa de Parcerias Municipais do Governo do Estado

Município de Borborema adere ao Programa de Parcerias Municipais do Governo do Estado
Carro capota na Tirso Micali na manhã desta quinta-feira
há 5 horas atrás

Carro capota na Tirso Micali na manhã desta quinta-feira

Carro capota em Taquaritinga na manhã desta quinta-feira
Micro e pequenas indústrias do interior de SP têm desempenho melhor do que as da grande SP
há 7 horas atrás

Micro e pequenas indústrias do interior de SP têm desempenho melhor do que as da grande SP

Micro e pequenas indústrias do interior de SP têm desempenho melhor do que as da grande SP
Incêndio atinge agência bancária e explosão assusta clientes em Guaiçara
há 9 horas atrás

Incêndio atinge agência bancária e explosão assusta clientes em Guaiçara

Incêndio atinge agência bancária e explosão assusta clientes em Guaiçara
Bombeiros levam oito horas para controlar incêndio em mata de Lençóis Paulista
há 1 dia atrás

Bombeiros levam oito horas para controlar incêndio em mata de Lençóis Paulista

Bombeiros levam oito horas para controlar incêndio em mata de Lençóis Paulista