Encontrado corpo de menina de 8 anos desaparecida em Chavantes

A menina brincava na sexta-feira (10) em um parquinho na Praça do Bode, no bairro Três Cantos, perto da casa do assassino, quando sumiu.

Compartilhe:

O corpo da menina Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, que tinha desaparecido na última sexta-feira (10), à tarde, em Chavantes (133 quilômetros de Bauru), foi localizado na área rural do município, na noite desta segunda-feira (13), perto de um córreg

A menina brincava na sexta-feira (10) em um parquinho na Praça do Bode, no bairro Três Cantos, perto da casa do assassino, quando sumiu. A mãe contou à polícia que, de vez em quando, ia na praça ver a filha brincar. Por volta das 17h, quando foi chamá-la, a menina já havia desaparecido. Desde então, Emanuelle era procurada por policiais, guardas civis, familiares e amigos.

De acordo com a equipe do Repórter na Rua, Emanuelle foi encontrada morta numa estrada próximo à Fazenda Santa Rosa, entre Chavantes e Canitar. A informação de que Agnaldo Assunção, um conhecido da família, foi visto com a menina no dia do desaparecimento, levou a polícia a interrogá-lo primeiro como testemunha. 

Depois, ele confessou e apontou o local onde deixou o corpo. Aguinaldo teria negado que estuprou Emanuelle, mas o estupro também não é descartado pela polícia.

O motivo do assassinato da menina seria porque ela discutiu com uma outra criança, que é enteada do acusado pelo crime, no dia anterior ao crime, mas a polícia investiga outras hipóteses.

Agnaldo convenceu a menina a ir com ele em uma bicicleta dizendo que iriam apanhar algumas mangas para levar de presente à família dela, segundo a equipe do Repórter na Rua. Agnaldo Assunção tem antecedentes criminais e já cumpriu pena.


Foto: Divulgação

Compartilhe:

Comentários (1)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Cássia Burhoff • há 10 meses

Triste.
Meu pedido de desculpas é pra você Emanuelle, que não teve a oportunidade de conhecer oque a vida nós dá de bom, pois a sua foi ceifada por um homem que se achou no direito de tirar o bem mais valioso de alguém, a própria VIDA, que se achou no direito de MANCHAR a história que você ainda pouco escreveu. Pedir desculpas pois ele não vai pagar com a mesma dor, medo, desespero e agonia que ele te fez passar, nossa justiça é falha e a dor na terra é imensa. O meu coração chora por você, por Giovanna, por Mariana e chora por tantas outras que tiveram o mesmo fim que você. O medo aumenta, até quando isso? Quem será a próxima? EU? VOCÊ? Cadê a nossa justiça?
ISSO PRECISA ACABAR, nós temos o direito de VIVER
Que Deus te receba de braços abertos Emanuelle.

Publicidade

Publicidade

Mais notícias sobre Regional

Bolsonaro visita Pirassununga, SP, para participar de cerimônia com militares da FAB

Bolsonaro visita Pirassununga, SP, para participar de cerimônia com militares da FAB

Bolsonaro visita Pirassununga, SP, para participar de cerimônia com militares da FAB

Policia apreende fios e cabos furtados em Araraquara

Policia apreende fios e cabos furtados em Araraquara

Filho agride a própria mãe de 76 anos em Araraquara

Filho agride a própria mãe de 76 anos em Araraquara

Polícia identifica suspeitos de matar jovem de 16 anos com tiro durante festa em Marília

Polícia identifica suspeitos de matar jovem de 16 anos com tiro durante festa em Marília

Publicidade

Mais notícias sobre Regional

Bolsonaro visita Pirassununga, SP, para participar de cerimônia com militares da FAB

Bolsonaro visita Pirassununga, SP, para participar de cerimônia com militares da FAB

Bolsonaro visita Pirassununga, SP, para participar de cerimônia com militares da FAB

Policia apreende fios e cabos furtados em Araraquara

Policia apreende fios e cabos furtados em Araraquara

Filho agride a própria mãe de 76 anos em Araraquara

Filho agride a própria mãe de 76 anos em Araraquara

Polícia identifica suspeitos de matar jovem de 16 anos com tiro durante festa em Marília

Polícia identifica suspeitos de matar jovem de 16 anos com tiro durante festa em Marília

Publicidade