Logo Portal Ternura
27/05 - IBITINGA-SP
° °

Franca emite alerta ao registrar infestação do mosquito da dengue acima do aceitável pela OMS

Em janeiro, índice de Breteau foi de 1,6, quando o máximo recomendado é 1. Segundo secretário de Saúde, baixa nos casos de dengue em 2017 fez população descuidar de medidas preventivas.



O secretário de Saúde de Franca, Rodolfo Moraes (Foto: Reprodução/EPTV)
 

A incidência de larvas do mosquito transmissor da dengue em Franca (SP) ficou acima do aceitável pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em janeiro, segundo levantamento da Prefeitura. O município apresentou uma densidade larvária, ou índice de Breteau, de 1,6. O recomendado pela entidade internacional é de até 1.

O número foi obtido após serem visitadas casas em 472 quadras e serem encontrados 61 recipientes com larvas do Aedes aegypti.

Embora haja diferentes níveis nos bairros (veja no gráfico), o problema é generalizado e aumenta os riscos de transmissão da dengue, além de zika vírus, febre chikungunya e febre amarela.

"O que nos preocupa é que uma incidência maior de larvas significa mais mosquitos, mais mosquitos maior chance de transmissão", diz o secretário municipal de Saúde, Rodolfo Moraes Silva.

Apesar do aumento da incidência, em 2018 não foi confirmado nenhum caso de dengue. Em 2017, foram 84 - 80 deles autóctones e quatro importados. A cidade também não tem nenhum registro confirmado de febre amarela.

"Foram poucos casos, então a população dá uma relaxada. Associa-se a isso o aumento das chuvas. Tem-se um cenário desastroso", afirma Silva.

O levantamento ainda não permite um comparativo com o ano passado, porque em janeiro de 2017 a Prefeitura não realizou o mesmo estudo. O dado mais próximo, de acordo com Silva, é referente a março, quando a cidade teve um índice geral de 0,7, 128% menor.

Os bairros da região nordeste e oeste, de acordo com a Prefeitura, são os que apresentaram as maiores incidências de larvas. Estão entre eles localidades como City Petrópolis, Planalto, Guanabara, Vila Formosa, Jardim Petraglia e Campo Belo. A região central vem na sequência.

Também foram constatadas situações de alerta em bairros como Estação, Vila Santos Dumont, Santa Luzia, São Joaquim Dermínio, Santa Maria, Residencial Amazonas, Parque Progresso e Parque dos Lima.

Além de terrenos baldios, os quintais das casas foram os pontos onde a maior parte das larvas foram encontradas em recipientes vazios e pneus com água parada, segundo o secretário.

O secretário afirma que, para combater os criadouros, equipes têm realizado arrastões e ações de bloqueio do mosquito, mas o aspecto mais importante é a conscientização dos moradores.

"As ações que a gente tem tomado são as rotineiras, mas foram intensificadas, com visitas casa a casa, monitoramento dos terrenos e arrastões de limpeza nos bairros. Mas o principal é a contribuição da população mesmo. Ainda dá tempo de a gente diminuir."

Equipes da Secretaria de Serviços e Meio Ambiente de Franca (Foto: Sérgio Oliveira/EPTV)

Equipes da Secretaria de Serviços e Meio Ambiente de Franca (Foto: Sérgio Oliveira/EPTV)


Fonte: G1


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Regional

mais notícias

Rapaz morre após ser atropelado por trem em
há 12 horas atrás

Rapaz morre após ser atropelado por trem em

Rapaz morre após ser atropelado por trem em Araraquara
Prefeituras de Nova Europa e São José do Rio Pardo cancelam concursos por causa da paralisação dos c
há 12 horas atrás

Prefeituras de Nova Europa e São José do Rio Pardo cancelam concursos por causa da paralisação dos c

Prefeituras de Nova Europa e São José do Rio Pardo cancelam concursos por causa da paralisação dos caminhoneiros
Fábrica de enxovais que pegou fogo em Arealva funcionava sem alvará desde 2012; uma pessoa morreu
há 12 horas atrás

Fábrica de enxovais que pegou fogo em Arealva funcionava sem alvará desde 2012; uma pessoa morreu

Fábrica de enxovais que pegou fogo em Arealva funcionava sem alvará desde 2012; uma pessoa morreu
Greve dos caminhoneiros: cidades da região de Bauru decretam estado de emergência
há 12 horas atrás

Greve dos caminhoneiros: cidades da região de Bauru decretam estado de emergência

Greve dos caminhoneiros: cidades da região de Bauru decretam estado de emergência
Câmara vai homenagear trabalhadores da saúde de 5 cidades da região
há 1 dia atrás

Câmara vai homenagear trabalhadores da saúde de 5 cidades da região

Câmara vai homenagear trabalhadores da saúde de 5 cidades da região