Logo Portal Ternura
22/08 - IBITINGA-SP
° °

Parada há 4 anos, obra de UBS de Matão acumula sujeira e gera reclamações de moradores

Secretaria de Obras diz que a empresa abandonou o serviço e a prefeitura teve que rescindiu contrato. Ministério da Saúde diz que a prefeitura terá que devolver R$ 409,6 mil.


Parada há 4 anos, a obra de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) de Matão (SP) está gerando reclamações de moradores do bairro São Judas Tadeu. O lugar está abandonado e cheio de sujeira.

A Secretaria de Obras informou que a empresa responsável abandonou o serviço e a prefeitura teve que rescindiu contrato. Informou que está tentando recursos para finalizar a obra.

Com o atraso da construção, o Ministério da Saúde informou que a prefeitura terá que devolver R$ 409,6 mil, com correção monetária. (veja abaixo os posicionamentos).

Obra de UBS está abandonada em Matão — Foto: Reprodução/EPTV
Obra de UBS está abandonada em Matão — Foto: Reprodução/EPTV

 

Sujeira

 

O local inacabado acumula sujeira, como fezes de animais e colchões velhos, além de ser alvo de vandalismo com paredes pichadas.

“Eu estou esperando que alguém se toque e tome consciência. Isso não é justo com o dinheiro do povo. Temos os nossos direitos e isso aqui ia servir para saúde das pessoas. Está jogado com muita porquice e sujeira”, afirmou a dona de casa Maria Nascimento.

Obra de UBS está abandonada em Matão — Foto: Reprodução/EPTV
Obra de UBS está abandonada em Matão — Foto: Reprodução/EPTV

 

O que diz a prefeitura

 

Segundo a Secretaria de Obras, a empresa responsável abandonou o serviço e a prefeitura teve que rescindir o contrato. Informou que está tentando recursos para finalizar a obra. Em relação à sujeira, uma equipe vai ao local nesta quinta-feira (25) fazer a limpeza.

 

O que diz o Ministério da Saúde

 

Em nota, o Ministério da Saúde informou que a proposta de UBS foi cancelada e a prefeitura terá que devolver R$ 409,6 mil que foram repassados.

“A terceira e última parcela, no valor de R$ 102,4 mil, equivalente a 20% do valor total aprovado, não foi paga em razão do atraso na obra. Por esse motivo, a proposta foi cancelada no dia 14/01/2019. Após a publicação da portaria de cancelamento, a gestão local deverá devolver os recursos repassados, com a devida correção monetária, ao Fundo Nacional de Saúde”, informou no comunicado.

 

Fonte: G1


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Regional

mais notícias

Município de Borborema adere ao Programa de Parcerias Municipais do Governo do Estado
há 1 hora atrás

Município de Borborema adere ao Programa de Parcerias Municipais do Governo do Estado

Município de Borborema adere ao Programa de Parcerias Municipais do Governo do Estado
Carro capota na Tirso Micali na manhã desta quinta-feira
há 5 horas atrás

Carro capota na Tirso Micali na manhã desta quinta-feira

Carro capota em Taquaritinga na manhã desta quinta-feira
Micro e pequenas indústrias do interior de SP têm desempenho melhor do que as da grande SP
há 7 horas atrás

Micro e pequenas indústrias do interior de SP têm desempenho melhor do que as da grande SP

Micro e pequenas indústrias do interior de SP têm desempenho melhor do que as da grande SP
Incêndio atinge agência bancária e explosão assusta clientes em Guaiçara
há 9 horas atrás

Incêndio atinge agência bancária e explosão assusta clientes em Guaiçara

Incêndio atinge agência bancária e explosão assusta clientes em Guaiçara
Bombeiros levam oito horas para controlar incêndio em mata de Lençóis Paulista
há 1 dia atrás

Bombeiros levam oito horas para controlar incêndio em mata de Lençóis Paulista

Bombeiros levam oito horas para controlar incêndio em mata de Lençóis Paulista