Logo Portal Ternura
24/09 - IBITINGA-SP
° °

Só cresce o consumo de bebidas alcoólicas entre crianças, adolescentes e jovens

Em Araraquara, nova legislação municipal para infrator prevê curso de conscientização ou multa de R$ 1.900,00 que dobra em caso de reincidência, com fechamento temporário do estabelecimento que vender bebidas alcoólicas e cigarros para menores de 18 anos


A primeira edição do 'Encontro para Prevenção ao Uso e Abuso de Drogas de Araraquara', foi sucesso absoluto, não porque lotou o auditório da Biblioteca Municipal num sábado ensolarado no período da manhã, mas pela categoria de interesse do público presente, que se formou em coletividade para participar da mobilização de agentes sociais em combate ao consumo de bebidas alcoólicas e drogas, com mediação para a 'prevenção' dos tipos de cooptação para o uso e abuso de substâncias psicoativas que causam dependência química e vícios, que interferem na formação cidadã e causam irreversíveis problemas de saúde em crianças, adolescentes e jovens.

Na ocasião, como palestrantes reconhecidos especialistas em dependência química, José Florentino, apresentou o Movimento LIGA Prevenção; Marcelo Bosco, falou sobre o papel do agente social e a importância da prevenção e o anfitrião Márcio Servino, esclareceu quais os tipos de prevenção, como e quem pode fazer. Evandro Recosta, com experiência estratégica na Polícia Federal, apresentou o projeto do movimento para redução da oferta de bebidas alcoólicas e cigarro para menores de idade em Araraquara, com referências da ação que foi realizada com sucesso no município de Santos.

Esse projeto de ação do movimento social apresentado no evento será aplicado de modo experimental em Araraquara, com a finalidade de prevenção ao uso e abuso de álcool e drogas em âmbito municipal, por menores de 18 anos de idade. Trata-se de uma campanha de conscientização segmentada, com cobertura e mapeamento de todos os estabelecimentos comerciais legalizados ou não no município. Serão comunicados sobre a nova legislação municipal que incorrerá ao infrator pessoa jurídica ou não, se comprometer a participar da semana de treinamento sobre o problema social em questão ou se preferir, recolher o valor de multa correspondente a primeira infração, no valor de R$ 1.900,00 com fechamento provisório do estabelecimento, que em caso de reincidência da infração, dobra o valor da multa.

Heterogêneo, o público do evento foi formado por profissionais que atuam em atendimento público multidisciplinar em diversos setores das áreas do conhecimento, entre outros que atuam no dia a dia nas suas respectivas comunidades urbanas, em posicionamento pela sociedade civil para a inexistência de um modelo de programa social específico que atenda a crescente demanda da sociedade, em forma de programa de política pública com suporte do poder público, por exemplo, criando leis que atendam aos anseios da população. De maneira representativa, o movimento LIGA Prevenção é composto por agentes sociais e/ou voluntariado institucional, de entidades, instituições e órgãos públicos, sem hierarquias entre os seus membros. Também, participaram do evento, grupo de alunos do curso de enfermagem da Etec Paula Souza e Escola Industrial de Araraquara, Universidade de Araraquara e alunos da Unesp.

O movimento institucional tem por objetivo colocar em prática experiências que apresentam resultados positivos e adequados para a realidade local e regional, com divulgação pública da pesquisa estatística para efeito de se demonstrar tecnicamente, a realidade, como espécie de um 'raio-x' de como se dá o comportamento dos estabelecimentos que comercializam bebidas alcoólicas para menores de 18 anos de idade ou as chamadas 'drogas lícitas' e cigarros, entre outras, em Araraquara.

A experiência deve se replicar nas 29 cidades da região através de coligação com a entidade nacional, onde não existem cargos e sim a funcionalidade de promover uma sociedade mais protetiva aos seus cidadãos, se trata de um movimento social sem vínculos ideológicos, partidários ou religiosos, onde qualquer interessado pode participar.

Aconteceu em 26 de agosto de 2017. Nenhuma autoridade municipal compareceu. Esteve presente o secretário estadual de Saúde e o representante do Programa Educacional de Resistência as Drogas (Proerd) da Polícia Militar, de relevância pela utilidade pública prestada para a sociedade e de caráter preventivo, o projeto para a coletividade em parceria com as escolas atende estudantes do 5° ano que já formou mais de 48 mil crianças em Araraquara na região do 13º BPMi, que inclui Américo Brasiliense, Santa Lúcia, Rincão, Ibitinga e Tabatinga, que já formou mais de 96 mil crianças na região. No estado de São Paulo, esse número está chegando a 10 milhões. As drogas são um problema grave para as famílias, e o Estado não tem condições de tratar os dependentes. A representante do Centro Municipal de Atenção Psicossocial para Álcool e Drogas de Araraquara, recebeu dos representantes do movimento uma medalha simbólica ao reconhecimento pelos serviços prestados na unidade, através do atendimento público gratuito para dependentes químicos e familiares codependentes que vivenciam em casa de alguma maneira o problema de saúde pública.

Programa de prevenção será estendido aos jovens rurais

E a bem do jovem rural, um programa caracterizado como 'Prevenção Seletiva', destinado para subgrupos ou segmentos da população geral com características específicas identificadas como de risco para o consumo de substâncias psicoativas, será elaborado para aplicação nas áreas rurais do município, em parceria com a ABATur - Associação de Bueno de Andrada para Cultura e Turismo Rural. O programa experimental inédito terá característica lúdica com um dia de entretenimento nas comunidades rurais de Araraquara e a experiência deverá ser replicada para áreas rurais na região. 

A Sociedade Civil se mobiliza pela prevenção ao consumo de bebidas alcoólicas e substâncias psicoativas por crianças, adolescentes e jovens em Araraquara.

Na foto, entre as mulheres que atuam no Movimento LIGA Prevenção, Márcio Servino da Liga de Prevenção para Araraquara com Théo Bratfisch, presidente da ABATur de Bueno de Andrada.

 


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Regional

mais notícias

TSE mantém registro de candidatura de prefeito de Iacanga (SP)
há 4 horas atrás

TSE mantém registro de candidatura de prefeito de Iacanga (SP)

TSE mantém registro de candidatura de prefeito de Iacanga (SP)
Escola de Inovadores abre inscrições para projetos empreendedores
há 8 horas atrás

Escola de Inovadores abre inscrições para projetos empreendedores

Escola de Inovadores abre inscrições para projetos empreendedores
Prefeitura de São Carlos confirma o afastamento de 10 funcionários do Samu por Covid-19
há 9 horas atrás

Prefeitura de São Carlos confirma o afastamento de 10 funcionários do Samu por Covid-19

Prefeitura de São Carlos confirma o afastamento de 10 funcionários do Samu por Covid-19
Homem morre após ser esfaqueado em Araras
há 9 horas atrás

Homem morre após ser esfaqueado em Araras

Homem morre após ser esfaqueado em Araras
PF e Polícia Rodoviária apreendem caminhão com 750 quilos de maconha em Jaú
há 10 horas atrás

PF e Polícia Rodoviária apreendem caminhão com 750 quilos de maconha em Jaú

PF e Polícia Rodoviária apreendem caminhão com 750 quilos de maconha em Jaú