Logo Portal Ternura
24/05 - IBITINGA-SP
° °

Suspeita de matar adolescente grávida e tirar feto do útero se entrega à polícia

Mirian Siqueira, de 25 anos, se recusou a depor e está detida em delegacia. Delegado suspeita que mulher tem gravidez psicológica e ficaria com o bebê.



Mirian Aparecida Siqueira se entregou à Polícia Civil em Sertãozinho (Foto: Paulo Souza/EPTV)

A mulher suspeita de esfaquear e matar a adolescente Valíssia Fernandes de Jesus, que estava grávida de oito meses, se entregou à Polícia Civil em Sertãozinho (SP) no fim da manhã desta sexta-feira (14).

Mirian Aparecida Siqueira, de 25 anos, estava acompanhada da mãe e foi levada à delegacia de Pitangueiras (SP), cidade onde o crime ocorreu. A Polícia Civil informou que ela se recusou a prestar depoimento, afirmando apenas que não falará sobre o crime.

O delegado Maurício José Nucci aguarda a decisão da Justiça sobre o pedido de prisão temporária da suspeita. Ela deve responder por homicídio qualificiado e crime de aborto sem consentimento da mãe.

Segundo a polícia, após matar a jovem dentro da casa onde morava, Mirian abriu o abdômen dela com uma faca e retirou o feto do útero. Para o delegado, a suspeita é de que Mirian tenha gravidez psicológica e pretendia ficar com o bebê da vítima.

Homicídio
O corpo de Valíssia foi achado pelo marido da suspeita dentro de um tambor de plástico no quintal da casa da família no fim da tarde de quarta-feira (12). O feto estava no banheiro da residência, próximo a um saco de lixo, onde estava parte do útero.

Em depoimento, o marido contou que, antes do crime, viu a mulher e a adolescente chegando ao imóvel, mas saiu em seguida. Ao voltar, encontrou Mirian lavando o quintal e não desconfiou de nada. Ele entrou, pegou a carteira e saiu novamente.

Suspeita foi levada da DISE de Sertãozinho para delegacia em Pitangueiras (Foto: Paulo Souza/EPTV)
Suspeita foi levada da DISE de Sertãozinho para delegacia em Pitangueiras (Foto: Paulo Souza/EPTV)

Quando voltou para casa pela segunda vez, o marido disse ter encontrado Mirian na calçada, visivelmente nervosa. Segundo ele, a mulher contou que pegou uma faca e golpeou Valíssia no abdômen, após ser agredida por ela.

Segundo o delegado, o marido também disse em depoimento que Mirian relatou ter sofrido um aborto espontâneo após ser agredida por Valíssia e que o feto no banheiro era do casal. Entretanto, não foram encontrados indícios do suposto aborto.

Valíssia Fernandes de Jesus foi esfaqueada e morta em Pitangueiras, SP (Foto: Reprodução/Facebook)
Valíssia Fernandes de Jesus foi esfaqueada e morta em Pitangueiras, SP (Foto: Reprodução/Facebook)

Falsa gravidez
A irmã da vítima, Élida Fernanda Silva Pessoa, contou que Valíssia conheceu Mirian em um estúdio fotográfico. Na tarde de quarta-feira, a suspeita foi até a casa da adolescente dizendo que iria presenteá-la com um sapatinho de bebê, que ela própria confeccionou.

Élida contou que esteve com o marido da suspeita na manhã desta quinta-feira (13). O homem disse, segundo ela, que também não sabia sobre a falsa gravidez, porque a mulher tinha consultas médicas frequentes e estava comprando o enxoval do bebê.

Mirian Aparecida Siqueira em foto postada no Facebook (Foto: Reprodução/EPTV)
Mirian Aparecida Siqueira em foto postada no Facebook (Foto: Reprodução/EPTV)

De acordo com o delegado, a própria família de Mirian desconfiava de uma falsa gravidez, porque ela não apresentou nenhum exame durante a suposta gestação. O marido também nunca a acompanhou nas consultas de pré-natal.

Nucci afirmou que, em fotos publicadas em uma rede social, Mirian chegou a exibir uma barriga, mas, para o delegado, o volume era resultado de excesso de peso. O delegado aguarda exame de DNA do feto e análises do Instituto Médico Legal (IML) de Barretos (SP).

Fonte: G1


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Regional

mais notícias

Polícia Civil apreende 1,2 tonelada de maconha e um fuzil em Ribeirão Preto, SP
há 15 horas atrás

Polícia Civil apreende 1,2 tonelada de maconha e um fuzil em Ribeirão Preto, SP

Polícia Civil apreende 1,2 tonelada de maconha e um fuzil em Ribeirão Preto, SP
Prefeito de Araraquara Edinho Silva deixa o hospital após crise de hipertensão
há 15 horas atrás

Prefeito de Araraquara Edinho Silva deixa o hospital após crise de hipertensão

Prefeito de Araraquara Edinho Silva deixa o hospital após crise de hipertensão
Jovem de Araraquara morre em acidente de moto
há 15 horas atrás

Jovem de Araraquara morre em acidente de moto

Jovem de Araraquara morre em acidente de moto
Justiça proíbe carreata que aconteceria  em Itápolis neste domingo
há 1 dia atrás

Justiça proíbe carreata que aconteceria em Itápolis neste domingo

Justiça proíbe carreata que aconteceria em Itápolis neste domingo
Tabatinga confirma mais 03 casos de Covid-19
há 1 dia atrás

Tabatinga confirma mais 03 casos de Covid-19

Tabatinga confirma mais 03 casos de Covid-19